Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta cidades inteligentes. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta cidades inteligentes. Classificar por data Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Connected Smart Cities reunirá governos e especialistas nesta 3ª e 4ª e divulgará indicadores das cidades

O Connected Smart Cities 2018, que acontece nos dias 4 e 5 de setembro, em São Paulo, reunirá cerca de 150 prefeituras, como os prefeitos do Rio de Janeiro, Curitiba, Vitória, Viçosa, entre outros, além de autoridades, especialistas em cidades inteligentes e empresas. O evento contará com cerca de 90 painéis e 300 palestrantes, que se apresentarão simultaneamente em 9 palcos. O Ranking Connected Smart Cities 2018 será divulgado no 1° dia do evento.


Nesta terça e quarta-feira (04 e 05 de setembro), São Paulo sediará o Connected Smart Cities, mais importante evento de cidades inteligentes do País, que reúne empresas, governos, especialistas e entidades nacionais e internacionais para debater as melhores práticas para o desenvolvimento de cidades inteligentes. Participarão do evento cerca de 150 prefeituras, como o Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella; o Prefeito de Curitiba, Rafael Greca; o Prefeito de Vitória, Luciano Rezende; o Prefeito de Viçosa, Ângelo Chequer; entre outros prefeitos, autoridades, especialistas em cidades inteligentes e empresas. O evento contará com cerca de 90 painéis e 300 palestrantes, que se apresentarão simultaneamente em 9 palcos. Em sua 4ª edição, o Connected Smart Cities vem desde 2015 reunindo diferentes segmentos da sociedade para apresentar e debater ações com foco no desenvolvimento de uma cidade inteligente, mais conectada e humana.
Na Cerimônia de Abertura do Fórum, que acontece no dia 04/09, às 9h, será divulgado o Ranking Connected Smart Cities 2018,desenvolvido em parceria com a Urban Systems e que apresenta os indicadores de desenvolvimento das cidades brasileiras participantes do levantamento. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking considera o conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica. O objetivo do levantamento é mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, por meio de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade. O Ranking é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança, mesmos eixos temáticos do evento Connected Smart Cities.
Paula Faria, idealizadora do Connected Smart Cities, enfatiza que a expectativa é que o evento reúna um público de mais de duas mil pessoas e que serão abordados os temas Urbanismo Sustentável nas Cidades; Cidades Prósperas; Cidades Conectadas; Mobilidade e Acessibilidade nas Cidades; Cidades Empreendedoras; Cidades Resilientes; e Cidades Participativas e Engajadas.
"Essa edição conta com a Expo, onde as empresas que apoiam o evento apresentam as suas soluções para uma cidade inteligente, além do Prêmio voltado para empresas que estão oferecendo soluções inovadoras para as cidades; as Rodadas de Negócios, reuniões entre organizações que oferecem soluções e cidades que têm interesse em implementar novos modelos, sendo que a nossa expectativa é de organizar mais de 600 reuniões durante o evento. Também teremos o lançamento do nosso Manifesto e do Mapa de georreferenciamento de dados abertos para inclusão de soluções com foco em smart Cities", cita.
DestaqueA Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), entidade apoiadora e patrocinadora do Connected Smart Cities, vai apresenta durante o Fórum detalhes do Ambiente de Demonstração de Tecnologias para Cidades Inteligentes. O projeto, inédito no Brasil, é desenvolvido em parceria com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e funcionará em Xerém (RJ), em uma área de 2,5 milhões de m², local que já contempla uma série de laboratórios para realização de testes.
"Participamos de todas as edições do Connected Smart Cities e a ABDI apresentará, na edição 2018, a posição atual desse importante projeto que estamos desenvolvendo em parceria com o Inmetro, onde todas as discussões estão relacionadas à possibilidade de regulamentação das tecnologias disponíveis para implantação nas cidades. Destaco que teremos um estande no evento e, na oportunidade, receberemos os interessados e apresentaremos, por meio da exibição de vídeos, as técnicas e detalhes sobre o projeto. Também teremos o Workshop ABDI em parceria com o Connected Smart Cities", comenta Carlos Frees, Líder de projeto na ABDI para as temáticas de Redes e Cidades inteligentes.
Além da programação dos palcos principais do Connected Smart Cities, os Workshops se destacam nos dois dias do evento. O fórum contempla: Workshop prático de iluminação pública; Workshop sobre investimentos e inovações no acesso a água; Workshop – cidades seguras: prevenção da violência e promoção da segurança cidadã; Workshop da ABES em parceria com o Connected Smart Cities sobre cidades conectadas; Workshop prático BRASSCOM de discussão dos desafios e arquiteturas de soluções tecnológicas alternativas para o desenvolvimento de cidades inteligentes em parceria com o Connected Smart Cities.
O evento conta ainda com: Workshop Panorama do saneamento básico no Brasil; Workshop CTE em parceria com o Connected Smart Cities, que tem foco nas Estratégias de Smart Cities e sustentabilidade em comunidades planejadas. Como torná-las realidade?; Workshop INCOBRA & ENRICH com foco na cooperação internacional em ciência, tecnologia e inovação; Workshop PONTEAPONTE, que consiste em um Fórum de inovação social; Workshop SPINAFRE em parceria com o Connected Smart Cities com abordagem sobre ecossistema empreendedor de cidades inteligentes no Brasil; Workshop panorama da mobilidade urbana no Brasil; Workshop Atech em parceria com o Connected Smart Cities, Workshop ABDI em parceria com o Connected Smart Cities, entre outros.
Para mais informações sobre a programação completa do Connected Smart Cities, basta acessar o link:www.connectedsmartcities.com.br/programacao-connected-smart-cities/.
Já para saber mais sobre os palestrantes do Fórum, acesse: www.connectedsmartcities.com.br/programacao-palestrantes/
Patrocinadores da edição 2018: Aceco TI, Atech, Autodesk, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), BNDES, BMPI, Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC), Deloitte, Engie, Egis, Fundação Ezute, Fala Cidadão, Geoambiente, Hostfiber, Itron, Kido Dynamics, Midiacode, Philips, Prefeitura de Barueri, Prefeitura de Vitória, Ubicquia, Via, além do apoio de mais de 40 entidades.
Serviço
Connected Smart Cities | Evento Nacional
Data:
 04 e 05 de setembro de 2018
Local: Centro de Convenções Frei Caneca, Rua Frei Caneca, 569, Consolação, São Paulo/SP
Mais Informações: www.connectedsmartcities.com.br
Inscrições para o evento: www.connectedsmartcities.com.br/inscricoes-evento-nacional-sao-paulosp/ 
As imagens do Connected Smart Cities podem ser acessadas por meio do link: www.flickr.com/photos/connectedsmartcities/albums

Sobre o Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities, principal evento do setor no Brasil, é realizado pela Sator e envolve empresas, entidades e governos em uma plataforma que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.
Encontros RegionaisRealizados paralelamente ao evento principal, os Encontros Regionais permitem que o poder público avalie as melhores práticas de cidades inteligentes e, consequentemente, possa desenvolver ações que potencializem ainda mais os pontos fortes alcançados no Ranking Connected Smart Cities. Para a edição 2018 do evento nacional, foram realizados os Encontros Regionais: Sul, em Florianópolis; Nordeste, em Salvador; Centro-Oeste, em Brasília; e Sudeste, em Belo Horizonte. Juntos, os eventos reuniram mais de 900 participantes e foram realizadas cerca de 190 Rodadas de Negócios.
RankingO Ranking Connected Smart Cities está em sua 4ª edição e foi desenvolvido pela Urban Systems, através de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Sator, empresa organizadora do evento homônimo. Todos os indicadores do Ranking Connected Smart Cities 2017 estão disponíveis em: www.connectedsmartcities.com.br/resultados-do-ranking-connected-smart-cities/
Sobre a SatorFundada em 2005, a empresa iniciou suas atividades como produtora de eventos, oferecendo, ainda, serviços voltados para a comercialização e comunicação dos eventos que organizava. Recentemente, descobriu-se como uma organização desenvolvedora de plataformas de negócios, que consiste em identificar, planejar e desenvolver oportunidades por meio de encontros presenciais como seminários, feiras, rodadas de negócios, mídia online e impressa.
A Sator conta com ampla experiência na organização de eventos como a Airport Infra Expo, Labace, Latin American Business Aviation Conference & Exhibition (entre 2007 e 2010), a Feira Nacional de Aviação Civil (entre 2008 e 2010), o Broa Fly-in (2006 a 2008), o Connected Smart Cities (desde 2015), o PPP Awards & Conference (desde 2017) e o Fórum de Mobilidade da ANPTrilhos (em 2018).

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Connected Smart Cities

quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Sertão ganha laboratório vivo para Cidades Inteligentes


A criação do laboratório vivo será concretizado nesta quinta-feira (13), quando a prefeitura de Petrolina publica decreto instituindo o Programa Sandbox. O espaço de demonstrações de soluções tecnológicas será montado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com o INDT (Instituto de Desenvolvimento Tecnológico).
A iniciativa contará com recursos financeiros repassados à ABDI pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano.
"A parceria com a prefeitura de Petrolina e o ministério vai permitir que a gente crie na cidade um hub de inovação para tecnologias de cidades inteligentes. Nossa expectativa é melhorar a vida dos moradores e contribuir para aprimorar o ecossistema de inovação já existente no local", afirma o presidente da ABDI, Igor Calvet.
"O Ministério do Desenvolvimento Regional vê com bons olhos esta iniciativa, que estimula o investimento em tecnologia e soluções urbanas em um município que, com inovações, tornou-se referência em termos de desenvolvimento sólido e sustentável", afirma o secretário Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Tiago Pontes Queiróz.
Na área de tecnologia da informação, o termo "sandbox" significa ambiente isolado, específico para testes. O objetivo do sandbox de Petrolina é ser um local de realização de testes e desenvolvimento de novas tecnologias para atender as necessidades do município. Terá a participação de startups, empresas de base tecnológica, e parceria com o ecossistema de inovação regional.
"Ponto fundamental para o INDT, em relação a esse projeto, é a competência adquirida, o que habilita o Instituto a desenvolver expertise e contribuir com outros projetos", comenta o diretor executivo do INDT, Geraldo Feitoza.
Após o decreto, a ABDI iniciará as instalações para criação do laboratório vivo de Cidades Inteligentes. No projeto, está prevista a criação de um centro de comando e controle (CCO), além da instalação de: semáforos inteligentes, iluminação pública inteligente, câmeras de alta definição e softwares de inteligência artificial para reconhecimento facial e de placas de veículos.
Além destas, posteriormente, empresas poderão utilizar a infraestrutura criada para demonstrar e testar tecnologias de bicicletas compartilhadas, carros elétricos compartilhados, monitoramento climático e meteorológico, hidrômetros inteligentes, lixeiras inteligentes, monitoramento e atuação inteligente por drones, geração de energia solar, entre outros.
Petrolina: O Hub de demonstração de tecnologias de Cidades Inteligentes será o primeiro da região. A cidade pernambucana foi escolhida por fazer parte da Rota de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR). Petrolina destaca-se também por ter o melhor índice de saneamento básico do Nordeste. Além disso, tem tamanho e porte similar a diversos municípios brasileiros, o que dá a esse ambiente de demonstração um alto potencial replicador.
O ecossistema de inovação da região é formado por universidades públicas, instituto tecnológico e faculdades particulares. Grande parte destas instituições são voltadas à área de tecnologia. O setor produtivo local conta também com 112 empresas de tecnologia com possibilidades de ampliação deste mercado.
Laboratório vivo e Cidades Inteligentes: O Laboratório Vivo é uma vitrine para demonstração e avaliação de soluções tecnológicas para Cidades Inteligentes. O intuito é promover maior competitividade e visibilidade às tecnologias instaladas no país relacionadas a Cidades Inteligentes.
Em janeiro de 2019, foi inaugurado o Living Lab (Laboratório Vivo) de Cidades Inteligentes, em parceria com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu (PR).  Os testes estão focados em três pilares: usabilidade, interoperabilidade e cibersegurança.
O sandbox de Petrolina será o primeiro resultado do Acordo de Cooperação Técnica assinado entre a ABDI e a prefeitura no início deste ano.
Serviço: Assinatura do Decreto de Sandbox de Petrolina. Quinta-feira, às 15h30, na Prefeitura de Petrolina (PE)

Ascom  PMP

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Com data confirmada para 2020, plataforma Connected Smart Cities implementa novas ferramentas para cidades

A 6ª edição do evento será marcada pela implementação de novas ferramentas e tecnologias para o mercado de cidades inteligentes, concluindo o processo de transformação da iniciativa em Plataforma



Connected Smart Cities 2019 - Crédito: Divulgação


A iniciativa que mais gera resultados para o mercado de cidades inteligentes do país está na 6ª edição e agenda confirmada para 2020 e, mais uma vez, será realizada na capital paulista.
O Connected Smart Cities 2020 acontece nos dias 9 e 10 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, e será marcado pela implementação de novas ferramentas e tecnologias para o mercado de cidades inteligentes no Brasil, concluindo o processo de transformar o evento em uma Plataforma.
Nesse sentido, o site do CSC foi reestruturado para atender as novas funcionalidades, contemplando novos serviços voltados para o desenvolvimento de smart cities.
Com a nova estrutura, a Plataforma passa a atuar, além do Ranking Connected Smart Cities, único estudo no país focado nas cidades e que serve de base para os municípios melhorarem seus indicadores; o Prêmio, dedicado aos negócios inovadores e voltado às necessidades do cidadão; Blog: Canal colaborativo e de conteúdos relevantes sobre o futuro das cidades; oEvento Nacional, fundamental para o mercado de smart cities; e o Learn Connected Smart Cities, iniciativa inovadora e imersiva sobre smart cities e que oferece cursos online para públicos de interesse.
"Desde que iniciamos o trabalho do Connected Smart Cities, em 2015, temos cumprido o nosso objetivo de contribuir de forma decisiva com o desenvolvimento do mercado de cidades inteligentes no Brasil. E com o amadurecimento desse setor e as novas necessidades, incorporamos novas ferramentas, serviços e tecnologias à Plataforma e, assim, nos tornamos a mais completa iniciativa deste mercado, viabilizando informações, estratégias e intercâmbio entre os diferentes atores. O resultado desse trabalho pode ser acompanhado nas diversas regiões do país, por meio da implementação de iniciativas em diversos municípios", comenta a idealizadora da Plataforma Connected Smart Cities, Paula Faria.
A especialista em cidades inteligentes destaca ainda que, com o objetivo de engajar ainda mais os diferentes atores, apresentar e destacar as iniciativas nesse setor, a Plataforma passa a produzir conteúdo. "A partir desse ano,passaremos a disponibilizar conteúdo de qualidade e, assim, gerar conexão e intercâmbio e fortalecer as boas práticas dos municípios nesse mercado", enfatiza Paula Faria.

EDIÇÃO 2020 - EVENTO NACIONAL

A expectativa da organização é que, em 2020, o evento- juntamente com o Connected Smart Mobility, que acontece paralelo, supere os 2.300 participantes de 2019, além das cerca de 250 palestrantes, mais de 500 empresas e Reuniões de Negócios, por meio da plataforma inovadora de Speed-Dating. A 5ª quinta edição reuniu os diversos agentes relacionados aos governos, empresas e entidades nacionais e internacionais, com destaque para a presença de cerca de 300 prefeituras.
"Vamos manter todas as iniciativas inovadoras incorporadas na edição 2019, como o formato inovador e as novas tecnologias para as cidades e mobilidade, principalmente, onde se destacaram, ainda, a participação de cerca de 150 palestrantes nos 90 painéis, com apresentações simultâneas em 12 palcos. Também vamosincorporar novas ferramentas para esse mercado, dobrar o número de prefeituras participantes e atingir 600 municípios presentesno evento, além de somar mais de 3 mil participantes. Sem dúvida, teremos em 2020 a maior edição do evento", disse.

EVENTO PARALELO



Connected Smart Mobility 2019 - Crédito: Divulgação

Paralelo ao CSC 2020,acontece a 2ª edição do CSM - Connected Smart Mobility, A Revolução da Mobilidade Urbana, que irá debater e apresentar os melhores cases para a transformação da mobilidade no país. O evento também conta com organização da Sator. Mais informações: www.connectedsmartmobility.com.br

Serviço
Connected Smart Cities-- Evento Nacional
Data: 09 e 10 de setembro de 2020
Local: Centro de Convenções Frei Caneca, Rua Frei Caneca, 569, Consolação, SãoPaulo/SP
Mais informações: www.connectedsmartcities.com.br




Sobre o Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities, principal iniciativa do setor no Brasil e um dos maiores da América latina, é realizado pela Sator e a Urban Systems e envolve empresas,entidades e governos. O evento faz parte da Plataforma Connected Smart Cities, que tem pormissão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou mega cidades.
Ranking Connected Smart Cities: estudo desenvolvido pela Urban Systems, por meio de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Sator, empresa organizadora do evento homônimo. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking considera conceito de conectividade,investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidadeeconômica. Na versão 2019, foiincorporado conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 -Sustainable Cities And Communities - Indicators ForSmart Cities, mantendoo estudo como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em 4 frentes: geral, por eixo temático, porregião e por faixa populacional.
Feito com o objetivo de mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, por meio de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade, o Ranking é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia, mesmos eixos temáticos do evento Connected Smart Cities. Todos os indicadores do Ranking Connected Smart Cities 2019 estão disponíveis em: http://sators.rds.land/csc19_resultado_ranking

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Connected Smart Cities & Mobility

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Professora da Facens mediará painéis no Smart City Business America

Regiane Relva Romano, coordenadora do Smart Campus da Facens, representará a faculdade de engenharia, arquitetura e tecnologia de Sorocaba no evento que reúne as principais autoridades mundiais para discutir sobre estruturação de cidades inteligentes


Sorocaba, 11 de abril de 2018 – A Facens estará no Smart City Business America Congress & Expo (SCBAC&E), único evento oficial sobre cidades inteligentes da América Latina, que será realizado entre os dias 16 e 18 de abril, no Expo Ceter Norte, em São Paulo. No evento, que reunirá os principais líderes dos setores público e privado, além de especialistas em soluções tecnológicas, planejamento, gestão pública, segurança, mobilidade, conectividade e sustentabilidade, a professora doutora Regiane Relva Romano, coordenadora do Smart Campus da Facens, será a mediadora de dois painéis, um sobre Educação e outro sobre Indústria 4.0.
No dia 17 de abril, das 16h30 às 18h, Regiane irá mediar o painel “Educação e Cidades Inteligentes: Como Preparar os novos profissionais para a grande Revolução do Conhecimento?”, que terá como foco a apresentação de cases nacionais e internacionais de instituições que já estão implementando treinamentos e metodologias focadas em preparar seus egressos para atuarem na nova economia, onde a inovação social, tecnológica e pedagógica é a chave para o avanço educacional nos próximos anos.
No dia seguinte, 18/4, das 14h às 15h30 será a vez da professora e coordenadora do Smart Campus da Facens mediar o painel “Indústria 4.0: Negócios Disruptivos em Cidades Inteligentes”, sobre como a nova “revolução industrial” influenciará toda a cadeia produtiva e modificará profundamente a indústria de manufatura e toda a cadeia de negócios nos próximos anos.

Serviço -  Smart City Business America Congress & Expo

Painel: Educação e Cidades Inteligentes: Como Preparar os novos profissionais para a grande Revolução do Conhecimento?”
Quando17 de abril de 2018
Horadas 16h30 às 18h

Painel: Indústria 4.0: Negócios Disruptivos em Cidades Inteligentes”
Quando18 de abril de 2018
Horadas 14h às 15h30

Mediadora: Regiane Relva Romano, profª.  e coordenadora do Smart Campus da Facens

Onde: Expocenter Norte – pavilhão amarelo - Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme, São Paulo - SP

Sobre o Smart Campus Facens: Criado em janeiro de 2015, o Smart Campus Facens é um laboratório vivo que busca solucionar problemas reais conectando a comunidade acadêmica, mercado e sociedade por meio de projetos que tornam as cidades mais humanas, inteligentes e sustentáveis. O programa Smart Campus Facens utiliza o campus universitário como uma área para estudos das soluções que possam ser replicadas nas cidades. Há projetos na área de Saúde e Qualidade de Vida, como o Engenhando para o Bem, de Educação e Cultura, como o Fab Lab Facens e o Jogo da Dengue, criado para a prefeitura de Sorocaba, de Mobilidade e Segurança, como a Carona Solidária, de Energia, como a criação da luminária de baixo custo para iluminação pública, e de Meio Ambiente, como a miniestação meteorológica e o aquecedor solar com produtos reciclados, entre outros.

Sobre a Facens: Entidade filantrópica criada há 41 anos, a Facens é uma das mais reconhecidas faculdades de Engenharia do País, com foco na formação do engenheiro cidadão e alto índice de inclusão de formandos no mercado de trabalho, média de mais de 90% nos últimos 12 anos. Atualmente oferece 11 cursos de graduação, sendo 9 de Engenharia (Mecânica, da Computação, Química, Elétrica, Mecatrônica, Civil, de Alimentos, de Produção e Agronômica), um curso de Tecnologia em Jogos Digitais e um de Arquitetura e Urbanismo, que tem sua primeira turma em 2018. A Facens também oferece 22 opções de pós-graduação, entre MBAs e cursos de especialização. Em um campus com 100 mil m², em Sorocaba - SP, cerca de 4 mil alunos contam com um corpo docente composto por mestres, doutores e especialistas, salas de aulas modernas e mais de 50 laboratórios especializados.
Na área de inovação, a Facens conta com o FACE (Facens Centro de Empreendedorismo), o LIS (Laboratório de Inovação Social), o LIGA (Laboratório de Inovação em Games e Apps), o LINCE (Laboratório de Inovação e Competições de Engenharia), o Fab Lab (primeiro do interior do Brasil, pertencente à rede mundial de laboratórios de fabricação digital criada pelo M.I.T) e o Smart Campus (laboratório vivo para soluções em cidades inteligentes, premiado pela ABMES e GS-1 no Brasil e na Smart Cities UK Expo).

Rosa Arrais Comunicação

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Autoridades participam da Abertura do Connected Smart Cities e Mobility 2020; evento virtual acontece ao vivo (08/09 às 15h)

Durante a Cerimônia de Abertura do evento será divulgado o Ranking Connected Smart Cities 2020, mais importante estudo de cidades do país e que contempla os 673 municípios com mais de 50 mil habitantes. A Abertura conta com a participação de autoridades das esferas: federal, estadual e municipal e representantes de entidades e empresas nacionais e internacionais


Paula Faria_CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility


Paula Faria_CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility



Nesta terça (08 de setembro), das 15h às 19h30, acontece ao vivo a Cerimônia de Abertura do Connected Smart Cities e Mobility Digital Xperience 2020, mais tradicional e importante evento de cidades do país e que, nesta edição histórica, será realizado em formato 100% digital e por meio de plataforma dedicada. O evento segue nos dias 09 e 10, a partir das 09h, com o fórum, exposição de empresas e encontro de negócios. Inscrições em: http://evento.connectedsmartcities.com.br/inscricoes/
A Cerimônia de Abertura do evento contempla a divulgação do Ranking Connected Smart Cities 2020, estudo elaborado pela Urban Systems, em parceria com a Necta, e que mapeia todos os 673 municípios com mais de 50 mil habitantes, com o objetivo de definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil. A programação contempla a participação de autoridades de várias regiões do país das esferas: federal, estadual e municipal (em formato ao vivo e gravado), representantes de entidades e de empresas nacionais e internacionais.
Participam da Abertura: por meio de vídeo: Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes; representante do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR); prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro; prefeito de Porto alegre, Nelson Marchezan Júnior; prefeito de São Paulo, Bruno Covas; prefeito de Curitiba, Rafael Greca; prefeito de Campinas, Jonas Donizette; entre outros gestores públicos. No formato ao vivo: prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Junior; prefeito de Vitória, Luciano Rezende; prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa; assessora especial do Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Regiane Relva Romano; representante do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR); diretor de parcerias da Google Brasil, Newton Neto; gerente do Instituto Avon, Mafoane Odara; presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Cris Alessi.
Além: secretário Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade e presidente dos Conselhos Municipais de Meio Ambiente e do Plano Diretor de Porto Alegre, Germano Bremm; secretário municipal de Inovação e Tecnologia da prefeitura de São Paulo, Juan Quirós; secretária de desenvolvimento econômico, social e de turismo de Campinas, Alexandra Caprioli; responsável por Soluções e-city da Enel X Brasil, Carlos Eduardo Cardoso; diretor sênior de Relações Públicas e Governamentais da Huawei Brasil, Atílio Rulli; assessora técnica do projeto ANDUS (Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável no Brasil) - GIZ Brasil, Sarah Habersack; diretor Comercial e Marketing e sócio da Urban Systems e do Connected Smart Cities, Willian Rigon; CEO da Urban Systems e sócio do Connected Smart Cities e Mobility, Thomaz Assumpção; CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility, Paula Faria; entre outros participantes.
CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility, Paula Faria, destaca que esta 6ª edição do evento nacional traz, no contexto mundial, os cases mais importantes de cidades inteligentes e reúne os principais atores do setor público e privado do mercado de cidades e mobilidade.
"Teremos 3 mil participantes, com destaque para o Fórum, que contempla mais de 300 palestrantes nacionais e internacionais, com 70 sessões distribuídas em 12 palcos virtuais simultâneos, somando 140 horas de conteúdo. Vamos debater com profundidade o futuro das cidades brasileiras, incluindo o contexto da Covid-19. É importante enfatizar que o momento em que estamos exigiu um novo formato para o evento e, nos últimos seis meses, trabalhamos e desenvolvemos uma plataforma exclusiva e dedicada ao evento, pois entendemos que, mais do que nunca, a pauta smart cities tem função fundamental para o setor público e privado. Nesse sentido, nos 3 dias da iniciativa, teremos conexão em tempo real com gestores de todos os estados do país", disse.

RESUMO PROGRAMA DE ABERTURA DO CONNECTED SMART CITIES E MOBILITY DIGITAL XPERIENCE 2020 08 DE SETEMBRO DE 2020 (TERÇA-FEIRA)
15h00 às 15h05 | Boas-vindas Connected Smart Cities & Connected Smart Mobility
5h05 às 15h15 | Plano do Governo Federal para Cidades Inteligentes - Câmara para Cidades 4.0
15h15 às 15h25 | Plano do Governo Federal para Cidades Inteligentes - Carta Brasileira para Cidades Inteligentes
15h25 às 15h40 | Projeto Plus Codes - Google
15h40 às 15h45 | Inclusão e diversidade: pauta das cidades inteligentes
15h45 às 15h50 | Apresentação dos indicadores do 6º Ranking Connected Smart Cities
15h50 às 16h00 | Entrega dos troféus 10 primeiros lugares no Ranking Connected Smart Cities
16h00 às 18h00 | Bate-papo com prefeitos e representantes sobre Planejamento em Cidades Inteligentes
18h00 às 18h30 | Live Musical com o grupo As Valquírias
18h30 às 19h30 | Networking digital

SOBRE O CONNECTED SMART CITIES E MOBILITY DIGITAL XPERIENCE 2020

A organização do evento desenvolveu sua própria plataforma digital dedicada ao novo formato, focada em proporcionar aos participantes uma experiência que se espelhará ao ambiente presencial, por meio de: trilhas simultâneas de conteúdo; Expo virtual- que permite a interação entre expositores e participantes; rodadas de negócios; networking com os participantes, entre outros diferenciais.

FÓRUM CSCM DX

O Fórum contará com a participação de especialistas nos temas abordados explorados no evento e apresenta experiências concretas de iniciativas realizadas em smart cities ao redor do mundo, contemplando os temas: Cidades Conectadas; Urbanismo Sustentável nas Cidades; Cidades Participativas e Engajadas; Cidades Empreendedoras; Cidades Humanas, Resilientes e Inclusivas; e Cidades Prósperas.

PRÊMIO CSC DX

O Prêmio Connected Smart Cities consiste em reconhecer e premiar negócios inovadores, que contribuam com a solução de problemas das cidades, de maneira a torná-las inteligentes. São duas categorias: negócios pré-operacionais e negócios em operação. A apresentação dos empreendedores do Prêmio 2020, acompanhamento dos insights da banca e o anúncio dos ganhadores, será transmitida ao vivo para os inscritos no evento e pelas redes sociais do CSCM, no dia 09 de setembro, a partir das 09h.

EXPO VIRTUAL CSCM DX
A Expo conta com os produtos e serviços para as cidades, por meio dos cases das empresas participantes e que serão expostos no estande virtual. Empresas participantes: Enel X; GIZ (empresa Alemã de Cooperação Internacional); Huawei; Siemens; Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC); EAV Networks; Exati Tecnologia; Liebherr; Marcopolo; Alstom; Egis; Heartland; HS Urbanismo; Hubse; Kido Dynamics; Bluspark; Evac Building; Fundação Ezute; Lemobs; Movisafe; Systra; Citelum; Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI); Movisafe; KPMG; Green4T; Urban Systems; Necta; Clube Cidades Sustentáveis; e Valgo.

O CSCM EM NÚMEROS
Na 6ª edição, o Connected Smart Cities e Mobility conta com um alcance de mais de 15 mil pessoas mensalmente, 9 mil participantes, 9.300 participantes, 1.200 reuniões nas Rodadas de Negócios, 500 marcas participantes, 250 painéis de discussão, 750 palestrantes, além de mais de 230 Apoiadores. O evento se destaca, ainda, pela ampla participação de prefeituras que, apenas em 2019, contou com a presença de aproximadamente 300 municípios.

SERVIÇO
Connected Smart Mobility Digital Xperience
Data: 08, 09 e 10 de setembro de 2020
Local: 100% digital
Imagens Connected Smart Cities e Mobility: http://www.flickr.com/photos/connectedsmartcities/albums
Organização: Necta (http://www.nectainova.com.br) e Urban Systems

Sobre o Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities, principal iniciativa do setor no Brasil e um dos maiores da América latina, é realizado pela Necta e a Urban Systems e envolve empresas, entidades e governos. O evento faz parte da Plataforma Connected Smart Cities, que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.
Ranking Connected Smart Cities: estudo desenvolvido pela Urban Systems, por meio de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Necta. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking considera conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica. Todos os indicadores do Ranking Connected Smart Cities 2019 estão disponíveis em: http://sators.rds.land/csc19_resultado_ranking

Assessoria de Comunicação e Imprensa do Connected Smart Cities e Mobility

sábado, 7 de setembro de 2019

Especialistas internacionais e soluções para smart cities são destaques no Connected Smart Cities e Mobility 2019


Nos dias 17 e 18 de setembro, São Paulo sediará o Connected Smart Cities e Mobility, mais importantes iniciativas de cidades inteligentes e mobilidade do país, respectivamente. Os eventos contemplam exposição de produtos,serviços e soluções para cidades inteligentes, destacando os lançamentos e tendências, por exemplo, para mobilidade- contemplando os vários modais, iluminação; geotecnologias e drones, Tech Lounge com realidade virtual, arena drones, entre outras inovações e tendências que estão sendo implementadas mundialmente.
Segundo a idealizadora das plataformas e diretora executiva da Sator, Paula Faria, nos dois dias, os evento deverão reunir, em um espaço de mais de sete mil m², mais de três mil participantes, 300 palestrantes nacionais e internacionais, 90 painéis em 9 palcos simultâneos- em formato totalmente inovador, além da presença de mais de 200prefeituras.
"Com uma pauta que contempla todos os temas fundamentais para o desenvolvimento das cidades brasileiras, a 5ª edição do Connected Smart Cities apresenta, juntamente com o Connected Smart Mobility, o Ranking Connected Smart Cities 2019. No estudo, apresentaremos um panorama geral de todos os municípios do país com mais de 50 mil habitantes, destacando as cidades com maiorpotencial de desenvolvimento, sendo que essa edição do Ranking conta com a incorporação de conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 - Sustainable Cities And Communities - Indicators For Smart Cities, mantendo-se, assim, como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil", comenta.
A diretora executiva da Sator cita, ainda, que a plataforma Connected Smart Cities é a iniciativa de cidade inteligentes, no Brasil, que mais gera negócios para esse segmento. "Por meio das Rodadas de Negócios, que utilizam sistema de agendamento totalmente digital e interativo, para agendamento entre os participantes, as empresas, entidades e governos têm acesso asoportunidades nos diversos segmentos. Nesse sentido, devemos realizar esse ano mais de 600 Rodadas, superando a edição anterior", conclui Paula Faria.
O Connected Smart Cities é composto pelos eixos temáticos: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia, e reunirá os diversos agentes relacionados aos governos, empresas e entidades nacionais e internacionais. Com foco na mobilidade doBrasil, o Connected Smart Mobility trará uma Agenda Estratégica e, nesse sentido, a programação do evento contempla os temas: mobilidade para as pessoas, mobilidade ativa, mobilidade compartilhada, veículos elétricos, análise de dados, conectividade & integração e tendências. A programação completa está disponível em: www.connectedsmartcities.com.br/programacao/ e www.connectedsmartmobility.com.br/programacao/

Acompanhe algumas das soluções, produtos e serviços para cidades inteligentes que serão apresentadas no Connected Smart Cities e Mobility:
Arena de DronesNa Arena de Drones, espaço de demonstração deaeronaves não tripuladas, serão apresentados diversos equipamentos e soluções utilizando esta tecnologia. Entre as empresas participantes, destaca-se a Digifort que, além de soluções de segurança, é responsável pelo case de monitoramento de smart cities da Prefeitura de Praia Grande/SP, considerado o terceiro maior da América Latina.
Na Arena, também serão apresentadas soluções de mapeamento, dronessalva-vidas, filmagem e fotografia profissional, com a presença de instituições públicas, como a polícia militar, por meio do Comando de Aviação da Polícia Militar (CAvPM), e que também apresentará suas soluções com drones. Destacam-se, ainda, as atividades para os participantes dos eventos, que poderão pilotar drones em um circuitode obstáculos: atração oferecida pela Real Games, empresa também responsável pela montagem da estrutura da arena.
Tech LoungeJá o Tech Lounge será voltado para experiência de como é uma cidade inteligente e um Centro de Controle de serviços urbanos, por meio de realidade virtual. A ação é em parceria com a SPIn Soluções Públicas Inteligentes, primeira consultoria brasileira voltada exclusivamente ao movimento das Cidades Inteligentes, que concentra os mais renomados especialistas e a mais avançada expertise em todos os campos do conhecimento necessários ao planejamento e à estruturação bem-sucedida de smart cities. A empresa possui em seu portfólio projetos estruturados junto ao Governo Federal, ParceriasPúblico-Privadas (PPPs) em modelos inovadores, bem como o primeiro Plano Diretor de Tecnologias da Cidade Inteligente de um Município brasileiro.
Relax longeE o Relax lounge com quick massage, em parceria com a Serenidade do Toque, empresa que oferece o serviço de massagens feitas por cedo. O espaço será um ambiente para o relaxamento e, durante os eventos serão sorteados pacotes de massagens para osparticipantes.
Espaço Test RidePensado especialmente para dar ao público dos eventos a vivência com as novas modalidades de locomoção, como patinetes e bicicletas, o Espaço Test Ride conta com ambientação urbana, onde as empresas demonstrarão, na prática, o uso dos seus equipamentos.
O espaço conta com Patinetes da Lime, empresa presente em mais de 25 países, que expõe seu modelo de patinete elétrico com tecnologia e hardware próprios, além de bateria de longa duração. A Lime também oferecerá descontos especiais para os participantes do Connected Smart Cities. Os veículos da empresaestão sempre disponíveis em São Paulo e Rio de Janeiro.
Já a Tembici, empresa líder em micromobilidade da América Latina, vai disponibilizar um test ride de suas bicicletas compartilhadas, além da gratuidade em planos mensais no sistema de São Paulo, um dos maiores do mundo. A empresa hoje é responsável por mais de 2 milhões de viagens de bicicletas compartilhadas na AméricaLatina por mês, o que gerou nos últimos seis meses uma economia de 34 mil toneladas de CO2 emitidos na atmosfera.
Os eventos contam, ainda, com outras ações e iniciativas inseridas no contexto de cidades inteligentes e sustentáveis, com destaque para as soluções que serão apresentadas pelas empresas na Exposição:
Enel XA Enel X é uma empresa global que lidera a transição energética e que se dedica ao desenvolvimento de produtos inovadores e soluções digitais em setores em que a energia está mostrando o maior potencial de transformação: cidades, residências, indústrias e mobilidade elétrica. Voltados paracidades, os sistemas inteligentes de iluminação da empresa estão um passo à frente na iluminação pública, por exemplo. Nesse sentido, a empresa participa do Connected Smart Cities e Mobility, oportunidade em que irá destacar os seus projetos de iluminação pública e cidades inteligentes, com tecnologia, distribuição de luz uniforme e que reduzem a poluição luminosa.
A empresa utiliza tecnologiasinteligentes, simples e rápidas para ajudar os clientes a descobrirem uma nova forma de utilizar a energia em todo o mundo, destacando-se a sua capacidade de fazer o melhor uso da tecnologia adaptada as legislações locais para viabilizar projetos sólidos (como parcerias público-privadas e financiamento de projetos).
VoomA Voom, plataforma de reserva de voos de helicóptero compartilhado sob demanda, traz para o Connected Smart Cities e Mobility a inovação da mobilidade aérea urbana. Por meio de uma ativação 360°, os participantes do evento poderão vivenciar a experiência de conhecer a capital paulista do alto, por meio de realidadevirtual.
Além de conhecer o funcionamento da plataforma, o público dos eventos também participarão de dois sorteios de passeios de helicóptero (com direto a acompanhante) para conhecer os principais pontos turísticos de São Paulo.
EgisA Egis traz para os eventos sua nova solução de mobilidade: o Scancar, criado para democratizar o estacionamento rotativo e aumentar a eficiência da fiscalização, reduzindo tanto o tempo de procura de vagas quanto os custos operacionais. O carro é composto por umsistema com 20 câmeras (10 do lado esquerdo e 10 do lado direito), w-ifi embarcado, conexão móvel 3G/4G e GPS de precisão.
Atualmente, o Scancar é operado pela Egis em Amsterdam, na Holanda. Em maio deste ano, foram iniciados os primeiros testes em São Paulo (SP) e, a partir do mês de julho, a solução começou a ser testada em Salvador (BA). O lançamento nacional da solução será no Connected Smart Cities eMobility.
PhilipsLiderando o mercado de iluminação conectada, a Philips demonstrará em seu estande sua nova solução inteligente para cidades, o Interact City, uma plataforma de gestão e monitoramento dos ativos de iluminação pública. O sistema é composto por um dashboard e luminárias habilitadas, que serãoexpostas no evento.
BoschDentre as soluções da Bosch que serão apresentadas durante os eventos estão as tecnologias de videomonitoramento, que incluem recursos avançados para análise de imagens, que atuam com foco em quatro pilares importantes para tornar as cidades inteligentes, sendo eles: Segurança e Proteção do Cidadão que garante ainda assistência para emergências; Gerenciamento Inteligente de Tráfego para auxiliar no fluxo do trânsito, manter a velocidade média do tráfego, reduzir a poluição ambiental e identificar veículos em geral; Sistema de Transporte Inteligente: para tornar mais eficiente o transporte público e de frotas particulares, além do Gerenciamento Inteligente de Estacionamento, que contribui para otimizar a busca do uso das vagas para veículos nas cidades, bem como garantir mais comodidade e segurança nas áreas deestacionamento.
EngieA Engie, maior produtora privada de energia elétrica do Brasil e detentora da maior malha de transporte de gás natural do país, apresentará nessa edição do Connected Smart Cities e Mobility o seu modelo de Carro Elétrico, destacando a atuação da companhia na mobilidade elétrica; CarregadoresElétricos (inclui o carregador business line – uma referência a parte de infraestrutura da mobilidade elétrica); e Iluminação Pública: serão apresentados cases, como o do Estádio do Avaí, em Florianópolis/SC, que implantou nova iluminação com tecnologia de LED.
ItronLíder mundial em tecnologia em soluções dedicadas ao uso eficiente de energia e água, a Itron levará soluções inovadoras para o Connected Smart Cities e Mobility 2019,— Street Light View (SLV), que fornece gerenciamento avançado derecursos, técnicas de análise e controle para melhoria e eficiência da Iluminação Pública; Water Operations Management (WOM), com recursos para evitar perdas e automatizar a gestão de água; além de soluções em Smart Grid que visam a proteção de receita e eficiência operacional de utilities e cidades. Trata-se soluções diferenciadas para minimizar os crescentes problemas com desperdíciosnestes setores.
Outro destaque é o Poste Energizado, que consiste em uma luminária foto célula, com design diferente dos tradicionais postes usados pelas concessionárias. É dotado de iluminação inteligente, que funciona de acordo com o fluxo de pedestres e de carros pela rua e que contribui no combate à violência, melhora a iluminação no trânsito, evitando possíveis acidentes com veículos e pedestres. Asolução já está em funcionamento na cidade de Campinas e São Luiz do Paraitinga.
ScaniaA Scania terá um espaço com a abordagem da jornada de sustentabilidade da Scania, o Driving the shift. O objetivo da empresa é impulsionar a mudança para um sistema de transporte sustentável, criando um mundo de mobilidade que seja melhor para os negócios, para asociedade e para o meio ambiente.
Esse propósito se baseia em três pilares que, individualmente ou combinados, aceleram a mudança para um sistema de transporte sustentável - eficiência energética, combustíveis alternativos e eletrificação e transporte inteligente e seguro.
Nesse sentido, os primeiros visitantes que passarem pelo estande da Scania terão a oportunidade de se inscrever para visitar a fábrica. Serãocerca de 18 vagas para conhecer a operação industrial brasileira, única fora da Europa que fabrica toda a gama de produtos.
Fundação EzuteA Fundação Ezute apresentará no Connected Smart Cities 2019 um modelo inovador para a estruturação de concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs), alternativo ao Procedimento de Manifestação de Interesse – PMI. Nesse modelo, a Ezute assume, por meio de chamamentos públicos, acaptação de recursos financeiros privados a título de doação com encargo, e estrutura os projetos, sem custos para a administração pública, por meio de acordos de cooperação.
O objetivo da Ezute no evento onde estão presentes representantes do setor público e privado é atrair mais municípios para esse modelo, que já está funcionando na área de Saneamento Básico, em cidades dosestados do Piauí e Santa Catarina.
A Fundação visa também a captação de recursos de outras empresas para ganhar escala nesse modelo e atender outros municípios, consórcios intermunicipais e companhias estaduais no segmento de Saneamento, Iluminação Pública e Resíduos Sólidos em outras regiões do país.
AgilityO Agility, plataforma em nuvem desenvolvida pela Geoambiente para a gestão dos serviços públicos e do atendimento ao cidadão, será uma das soluções apresentadas nos eventos. Baseado em tecnologias de ponta como Inteligência Artifical e Machine Learning, o Agility automatiza todo o processo de triagem de chamadosrecebidos do cidadão, bem como todo o processo de planejamento destas demandas pela municipalidade.
A demonstração do sistema será por meio de uma TV, representando o uso da plataforma pela prefeitura e contendo mapas, agenda, tabelas e gráficos. Também serão usados celulares, simulando todo o processo da participação do cidadão e a da equipe de campo da gestão municipal.
SiemensA Siemens vai expor em seu estande um totem que atende o mercado da mobilidade elétrica. Além dos produtos e soluções para infraestrutura de carregamento para veículos elétricos, a empresa vai apresentar também: Aplicativos baseados em nuvem (plataforma MindSphere) para monitoramento de dispositivos,visualização de dados e análises; plataformas de tecnologia de armazenamento de energia; Digitalização e Automação de Energia (Medição Inteligente, Subestações digitais, Centro de Operações Remoto, Sensoriamento); Integração eficiente de sistemas de geração distribuídos; e Soluções Prediais.
Kido DynamicsA Kido Dynamics fará a demonstração da sua plataforma funcionando com casos reais desenvolvidos na Europa e no Brasil. Os visitantes poderão navegar nos mapas, onde a empresa traça as trajetórias das populações, e interagir com o mesmo ao clicar em localizações geográficas específicas.A cada clique, o público poderá visualizar diversos gráficos contendo informações como: tráfego de pessoas (de acordo com o horário), locais de origem e destino das mesmas, a distância percorrida, idade e sexo, entre outras informações.
Dessa forma, os visitantes dos eventos terão, de forma bem tangível, a experiência de como a Kido Dynamics transforma big data em informação relevante, de maneirarobusta e acessível ao mesmo tempo.
Exati TecnologiaA Exati é uma plataforma de softwares e hardware para cidades inteligente que atua na área de gestão de serviços públicos. Atualmente, é líder no setor de Gestão para Iluminação Pública e atende as principais capitais do Brasil, como Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte. Sãomais de 229 cidades atendidas em todo o Brasil e mais de 30 milhões de pessoas impactadas pela solução. Nesse sentido, a empresa vai apresentar nos eventos, além dessa solução de Iluminação Pública, os sistemas para gestão eficiente e otimização de recursos no ramo de manutenção viária, arborização, resíduos urbanos.
E a Telegestão, hardware que permite o controle emonitoramento em tempo real dos serviços de iluminação pública, em conjunto com funcionalidades voltadas à Internet das Coisas (IoT) para cidades.
ChristieA Christie Digital Systems USA, Inc, empresa global de tecnologias visuais e de áudio, apresentará a solução de sala de controle, composta de quatro monitores de vídeo wall Christie FHD552X-B LCD de 55 polegadas; o projetor laser Christie DWU1075-GS, que elimina a necessidade de substituição de lâmpadas e filtros,proporcionando 20 mil horas de operação de baixo custo, entre outras inovações.
A empresa é a fornecedora das soluções de áudio e vídeo da edição 2019 do Connected Smart Cities e Mobility.
TPF EngenhariaA TPF Engenharia apresentará o case CASE do CCO da Emlurb, primeiro Centro de Controle Operacional de coleta de lixo e limpeza urbana em operação no Norte/Nordeste do país, implantado em Recife. No estande da TPF, será possível acompanhar omonitoramento de serviços em tempo real e simular a criação de demandas (via Smartphone) na plataforma de gestão PLUG Coleta Inteligente. Também haverá demonstrações da aplicação de Business Intellingence (BI) para a análise de dados de monitoramento dos serviços de limpeza urbana.
VIAA empresa norte-americana Via, líder mundial e desenvolvedora de soluções de mobilidade sob demanda, vai apresentar nos eventos o CityBus 2.0, implementado na cidade de Goiânia em parceria com a HP Transportes Coletivos, em fevereiro de 2019.
O sistema, primeiraimplantação da companhia na América Latina, consiste no serviço de transporte público compartilhado à população, por meio de vans.
AlstomA Alstom, como promotora da mobilidade sustentável e líder mundial em sistemas de transporte integrados, fará no Connected Smart Mobility, a palestra "Mobilidade Inteligente", ressaltando como a coordenação e a otimizaçãomultimodal é um contribuinte importante para a fluidez nas áreas metropolitanas. A empresa destacará o produto MASTRIA, com o uso de inteligência artificial, que combina a análise em tempo real dos dados de tráfego, de demanda de passageiros, e de ocorrências na cidade coordenando todos os modos de transporte da forma eficiente, podendo criar serviços planejados com um elevado nível de qualidade esatisfação.
Portais PúblicosSediada em Blumenau, a empresa Portais Públicos é focada no desenvolvimento de softwares governamentais em Comunicação com cidadão e Segurança Pública, com destaque no desenvolvimento Mobile, inteligência artificial eaplicações web 100% cloud. Em seu estande, a empresa irá apresentar os produtos: Minha Cidade – Gestor Público – Aplicativo para Cidades Digitais (Smart City), focado em integrar o cidadão com a gestão pública, canal 156 de Ouvidoria.
E a G-SEG – Plataforma de inteligência na área de segurança destinada às Agências de inteligência edepartamentos de segurança pública. As principais funcionalidades são: Geoprocessamento das ações e ocorrências criminosas, mapeando as facções e atividades individuais em manchas de recorrência.
IMA - Informática de Municípios AssociadosEmpresa de Economia Mista da Prefeitura de Campinas, a IMA atua em todas as áreas da Gestão Pública Municipal, tendo desenvolvido mais de 200 sistemas que fazem de Campinas referência nacional em Cidades Inteligentes.
A empresa vai apresentar em seu estande, além do desenvolvimento e manutenção de soluções e aplicativos, a atuação nos Planos Estratégicos municipais, como gestão do Data Center próprio, ampliação para 300 km da Rede de Fibra Ótica com 200 km já instalados, Wi-Fi gratuito em 42 espaços públicos, dentre outras ações emtodas as Secretarias da cidade. A IMA irá destacar, ainda, a gestão de dois Polos de Alta Tecnologia de Campinas - CIATEC 1 e 2. A CIATEC - Companhia de Desenvolvimento do Polo de Alta Tecnologia de Campinas, incorporada pela empresa, neste ano.
Urban SystemsHá 20 anos, a Urban Systems vem acumulando conhecimento e competência que a tornaram referência em inteligência e consultoria de mercado em todo Brasil. Hoje são mais de 900 projetos e 700 cidades analisadas, 11 eixos temáticos e mais de 300 indicadoresde desenvolvimento econômico sustentável utilizados em padrões internacionais que ajudam a minimizar riscos e sinalizam oportunidades de negócios.
Nesse sentido, a empresa destacará- nos eventos, sua atuação junto às cidades, desde o desenvolvimento de diagnósticos que apontam os pontos fortes e fracos das cidades brasileiras, até a elaboração de planosestratégicos de longo prazo.
SmartGreenA empresa SmartGreen, pioneira no desenvolvimento de soluções inteligentes para gestão de utilities e iluminação pública irá demonstrar a sua plataforma de telegestão de iluminação pública, que proporcionaredução de custos operacionais, medição real de consumo por ponto e infraestrutura de comunicação que habilita serviços para cidades inteligentes. A companhia levará, por meio do parceiro fornecedor, modelo de luminária que utiliza nos projetos para apresentar em seu estande.
Líder no mercado brasileiro de telegestão de iluminação pública, aSmartGreen tem projetos em operação em diversas cidades no Brasil e América Latina com grandes players do setor.

Os eventos contam, também, com outras iniciativas e novidades para o segmento de cidades inteligentes no Brasil.

Serviço
Connected Smart Cities e Mobility
Data:
 17 e 18 de setembro de 2019
Local: Centro de Convenções Frei Caneca, Rua Frei Caneca, 569, Consolação, São Paulo/SP
As imagens do Connected Smart Cities podem ser acessadas por meio do link: www.flickr.com/photos/connectedsmartcities/albums

Sobre o Connected Smart Cities e MobilityConnected Smart Cities, principal evento do setor no Brasil e um dos maiores da América latina, é realizado pela Sator e envolve empresas, entidades e governos em uma plataforma que tem por missão encontrar o DNA deinovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades. O Ranking Connected Smart Cities foi desenvolvido pela Urban Systems, por meio de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Sator, empresa organizadora do evento homônimo. Todos osindicadores do Ranking Connected Smart Cities 2018 estão disponíveis em: conteudo.urbansystems.com.br/csc_urban_atual

Paralelamente ao evento, a contece o Connected Smart Mobility, a revolução a mobilidade urbana, com Agenda Estratégica para debate e apresentação das inovações para esse segmento.

Sobre a SatorA Sator nasceu em 2005 como uma empresa de produção de eventos, passou a oferecer serviços de comercialização e comunicação para os eventos que organizava e, mais recentemente, descobriu-se como uma organização desenvolvedora de plataformas de negócios, queconsiste em identificar, planejar e desenvolver oportunidades por meio de encontros presenciais, como seminários, feiras, rodadas de negócios, mídia online e impressa.
A empresa conta com uma ampla experiência na organização de eventos de aviação, tais como: a Labace – Latin American Business Aviation Conference & Exhibition (2007 a 2009), a FeiraNacional de Aviação Civil com curadoria técnica da ANAC (2008 a 2010), o Broa Fly-in (2006 a 2008), o Road Show Chile (2012), a Airport Infra Expo (2011 a 2018), Aviação em Debate (2015) e o IBAS – International Brazil Air Show (2017 e 2019). Também é responsável pelo Connected Smart Cities (2015 a 2019), PPP Awards & Conference (2017 e 2019), Fórum de Mobilidade (2018), Fórum Nacional do Combate à Criminalidade (2018 e2019), Festival ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos (2019) e Connected Smart Mobility (2019).


Assessoria de Comunicação e Imprensa do Connected Smart Cities e Mobility
Eliane Jerônimo Bueno (Mtb 50559)