quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Novo tratamento para refluxo chega ao Brasil

 

Dispositivo médico já é amplamente usado em tratamento de refluxo nos EUA e na Europa
Assessoria de Imprensa


Implantado por meio de procedimento endoscópico, o novo tratamento é indicado especialmente para pacientes que não coseguem resolver o problema apenas com remédios
Divulgação

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo tratamento para a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) para os brasileiros.Minimamente invasivo, o tratamento é feito por meio do dispositivo médico Esophyx, uma tecnologia desenvolvida pela empresa americana  Endogastric Solutions e que desde 2007 já tratou mais de 22 mil pacientes nos Estados Unidos e na Europa. A doença que atinge de forma crônica cerca de 30% da população adulta do Brasil, segundo dados da Federação Brasileira de Gastroenterologia.
O dispositivo Esophyx é implantado no paciente por meio de uma cirurgia endoscópica que é minimamente invasiva. O tratamento é voltado especialmente para os cerca de 40% dos pacientes com DRGE crônica e que não conseguem resolver o problema somente com medicamento. No Brasil, a novidade será distribuída com exclusividade pela empresa goiana Top Med. Saiba mais em centroderefluxobr.com.

Comunicação Sem Fronteiras

0 comentários:

Postar um comentário