segunda-feira, 27 de julho de 2020

Índices Futuros: tire todas as suas dúvidas


Entre investimentos em ações, aplicações em fundos de previdência e renda fixa, os investidores que buscam novas opções podem apostar no Índice Futuro. Muito conhecido, já que sempre é citado nos noticiários de TV, o que índice Ibovespa é o principal índice da Bolsa de Valores e o índice futuro é um investimento ligado a ele. 
Como poucas pessoas conhecem o índice futuro e sabem pouco sobre o Ibovespa, fizemos este artigo para explicar melhor como funciona esse tipo de investimento. O que já adiantamos é que se você tem vontade de ir além do mercado de ações da Bolsa, o índice futuro é uma boa opção. 

O que é Índice Futuro? 
O contrato de índice futuro é um derivado do IBOV (Índice Ibovespa). Eles são negociados num ambiente da Bolsa chamado de Mercado Futuro, tem sua cotação calculada em pontos, e basicamente, esses contratos fazem previsões de valores da Ibovespa em uma data de vencimento determinada. 
A compra e venda de índice futuro na Bolsa são parecidos com as negociações de ações. A principal diferença é que os vencimentos destes contratos ocorrem no futuro, o que indica que você pode negociar contratos que vencem daqui a alguns meses.

Entenda o IBOV e o Índice Futuro 
O IBOV é o indicador de desempenho mais importante das ações negociadas na B3. Esse índice é responsável por mensurar a performance das carteiras de ações do mercado. É o Ibovespa que indica quando ações tendem a cair ou subir na Bolsa. 
Outro detalhe importante é que o IBOV está ligado ao mercado brasileiro, ele é indicador determinante para a economia nacional. Esse índice é composto por ações de grandes empresas brasileiras e é revisado trimestralmente pela B3. Os fundos de investimentos utilizam a Ibovespa como parâmetro para construir suas estratégias. 
O que muitas pessoas não sabem é que não é possível operar o IBOV, este índice só mede ações. Então, para especular em cima dos resultados do IBOV é preciso operar um derivativo do Ibovespa: o índice futuro. Resumindo, o IBOV é o termômetro do mercado de ações e o Índice Futuro é uma aposta na temperatura do Ibovespa.

Negociação de Índice Futuro 
Os contratos de índice futuro são negociados em duas modalidades: o índice cheio (IND) e o mini índice (WIN). As diferenças entre as modelos estão principalmente nos valores necessários para a realização do investimento. 
Como já falamos lá em cima, o índice futuro é medido por pontos, esta é a primeira diferença entre as modalidades de negociação, a cotação é o tamanho do contrato são de R$ 1 no índice cheio e R$ 0,20 no mini índice por ponto do Ibovespa. Resumindo, se o Ibovespa estiver a 90 mil pontos, a cotação do índice cheio será de R$ 90 mil e a do mini índice de R$ 18 mil.
Também há uma diferença no lote mínimo de compra e venda do índice futuro, no índice cheio são cinco contratos e no mini índice apenas um. Como podemos perceber, o mini índice é uma espécie de mini contrato do índice futuro e é um ativo mais acessível neste mercado.
Os contratos sempre vencem em meses pares, tendo como data a quarta-feira mais próxima ao dia 15 do mês de vencimento. A operação do índice futuro é feita no horário comercial. 
Num exemplo simples, digamos que você tenha comprado 10 minicontratos de índice com a cotação 88 mil pontos e os vendeu quando a Ibovespa atingiu 90 mil pontos. Confira o cálculo abaixo:
(cotação final – cotação inicial) x valor por ponto x número de contratos
(90000 – 88000)x 0,20 x 10
2.000 x 0,20 x 0,10
= R$ 4.000
Quais são as principais vantagens de investir em Índice Futuro? 
Como vimos durante todo o artigo, o Índice Futuro é uma boa opção de investimento na Bolsa de Valores. Abaixo, mostraremos quais são os principais benefícios deste investimento para os investidores, confira:
Alta volatilidade 
Os traders amam aposta no índice futuro. Esse tipo de aplicação oscila com muita frequência, o que exigem que o investidor fique de olho nas cotações. Com as tendências de alta do Ibovespa, os investidores podem conseguem ganhos significativos num curto espaço de tempo. 
Baixo custo 
Principalmente no mini índice é possível investir sem ter muito capital. Isso pode ser feito por meio de margem de garantia e de alavancagem. É uma boa opção para variar os investimentos na Bolsa, mas é preciso ficar de olhos abertos e acompanhar as oscilações do mercado para garantir os ganhos.
Alavancagem 
A alavancagem é uma forma de aproveitar oportunidades de investimentos na Bolsa sem ter tantos recursos em conta. No índice futuro você pode utilizar esse recurso para realizar investimentos maiores. Dependendo da corretora, é possível ter um limite de até seis vezes o valor de operação do índice futuro. 

Lucas A. Silva- Red Ventures

0 comentários:

Postar um comentário