domingo, 29 de setembro de 2019

IF Sertão-PE é parceiro da realização do 22º Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais e 9º Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas


Entre os dias 7 e 11 de outubro, no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro/BA, serão realizados o 22º Congresso Brasileiro de Floricultura e Plantas Ornamentais (CBFPO) e o 9º Congresso Brasileiro de Cultura de Tecidos de Plantas (CBCTP). Além da Univasf, são parceiros na realização do evento o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Semiárido). A iniciativa pretende abordar o uso da biotecnologia na produção de plantas e a potencialização no mercado, configurando uma importante ação de capacitação e atualização para profissionais e acadêmicos.
Com o tema “Propagando Inovações para o Florescimento de Novos Mercados”, os congressos, que são realizados conjuntamente desde 2003, estão voltados para professores e estudantes de instituições de ensino superior, pesquisadores, representantes governamentais, profissionais, produtores, empresas e comunidade em geral. As inscrições seguem até esta sexta-feira (27) e as taxas variam entre R$ 205 e R$ 785, a depender da categoria do congressista; minicursos e visitas técnicas custam R$ 50.
Os congressos foram idealizados pela Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais (SBFPO) e pela Associação Brasileira de Cultura de Tecidos de Plantas (ABCTP). A proposta é acompanhar novos engajamentos nos campos da floricultura e paisagismo, e promover a floricultura nas entidades governamentais, órgãos de pesquisas e universidades. Temas relevantes e emergentes na área de floricultura e de cultura de tecidos de plantas serão abordados na forma de palestras, mesas redondas, minicursos, exposição de trabalhos e assembleias ao longo dos cinco dias de evento.

A programação completa está disponível em http://www.cbflorcultec2019.com.br

Escrito por Luis Osete / ASCOM

0 comentários:

Postar um comentário