quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Corte no orçamento da CAPES afetaria 200 mil bolsistas

Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB) encaminha nota de apoio à CAPES ao Ministro da Educação, apontando os danos que seriam causados pelo corte orçamentário do órgão em 2019

O Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB), entidade sem fins lucrativos, criada há 52 anos para refletir estrategicamente sobre o sistema universitário, propondo medidas para seu pleno desenvolvimento e acesso à educação em todos os níveis, defende a manutenção integral, na Lei Orçamentária Anual para 2019, das verbas referentes à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 
O eventual corte de recursos seria prejudicial a todas as instituições de Ensino Superior, que prestam relevantes serviços à pesquisa e à ciência, fato que não somente poderá impedir a continuidade dos programas já existentes, como também fragilizar todo o sistema referente à formação continuada de professores, a pesquisa e a pós-graduação do Brasil.
A redução dos recursos colocaria em risco, no próximo ano, a continuidade do trabalho acadêmico de cerca de 200 mil bolsistas, que não teriam as mínimas de concluir suas teses de doutorado ou dissertações de mestrado. Ou seja, algo muito danoso ao País no tocante aos esforços para a conquista de patamares elevados de excelência acadêmica na formação de profissionais e de novos cientistas. Além disso, seriam comprometidas as relações institucionais, no plano internacional, em função do grande número de bolsistas brasileiros que encontram-se em universidades estrangeiras em processo de qualificação acadêmica.
Por todas essas razões, o CRUB espera que o Ministério da Educação cumpra, como dito publicamente pelo ministro Rossieli Soares da Silva, o compromisso de viabilizar o orçamento necessário ao custeio das atividades da Capes, no tocante aos seus programas de bolsas.
O Brasil precisa fortalecer cada vez mais a educação de qualidade, a pesquisa e a inovação, essenciais para o desenvolvimento.

Reitor Benedito Guimarães Aguiar Neto
Presidente do CRUB

0 comentários:

Postar um comentário