quarta-feira, 18 de julho de 2018

5 empresas que vêm mudando a educação no Brasil

O perfil dos alunos hoje em dia é bastante diferente do de 15 anos atrás, por exemplo. Os antigos calhamaços de folhas perderam espaço para os tablets, celulares e novas tecnologias. Acompanhando essa evolução, plataformas de educação vêm oferecendo novas abordagens tecnológicas, metodológicas ou até mesmo através de um sistema que democratiza o acesso ao conhecimento.

Listamos 5 empresas que fazem esse papel e se adaptam às necessidades do novo perfil de aluno:

A Descola é uma escola de cursos online em inovação e empreendedorismo. Com uma linguagem própria da internet, os alunos têm a oportunidade de aprender de qualquer lugar e por qualquer dispositivo, além de receber materiais complementares que ficarão disponíveis sempre que precisar ser consultado. Sendo especialista em temas de inovação e empreendedorismo, a Descola é pioneira em diversos assuntos no mundo digital, sendo, por exemplo, a primeira a falar sobre gamification em um curso online.

A Echos é um laboratório de inovação que busca, através da abordagem do Design Thinking promover futuros desejáveis. Com ensinamentos que ultrapassam a lógica cartesiana de pensamento a qual estamos acostumados, muitas empresas estão procurando o Design Thinking como nova abordagem para seus colaboradores, como uma nova visão para a educação que tem impacto direto na atuação dessas pessoas dentro das organizações, bem como em suas vidas.

A EduQC é uma plataforma que utiliza inteligência artificial e metodologia exclusiva para aumentar as chances de aprovação em concursos públicos, identificando a proficiência dos candidatos em cada matéria e criando planos de estudo sob medida. A tecnologia está disponível para provas relacionadas a 10 áreas, incluindo Fiscal, Jurídica e Policial, e também para o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A Digital House é um hub de educação para a formação de profissionais de alta performance para o mercado digital. A escola adota uma metodologia de ensino própria e um sistema pedagógico que privilegia a prática, combinando conhecimento técnico a habilidades socioemocionais, as chamadas soft skills, que vêm sendo cada vez mais exigidas no mercado de trabalho. No campus da Vila Olímpia, em São Paulo, oferece um espaço com uma intensa agenda de eventos - muitos gratuitos e alguns até abertos ao público geral - e fomenta uma proposta de networking dentro de uma comunidade efervescente, que inclui docentes, especialistas e empresas.

ADreamShaper é uma ferramenta educativa online que permite desenvolver projetos empreendedores temáticos no âmbito das aulas, relacionados com as disciplinas. Com soluções para ensino fundamental, médio e superior, a plataforma oferece integração entre as disciplinas escolares e os interesses pessoais do aluno, buscando desenvolver competências socioemocionais e perfil comportamental empreendedor. Fundada no Brasil em 2014, já impactou mais de 165 mil alunos globalmente, preparando-se agora para expandir para mais de 1,5 milhão de alunos no geral.

Por  Fernanda Uehara  

0 comentários:

Postar um comentário