Viva Chico Mário! Show celebra lançamento de Instituto do Instrumento do Instrumentista e Compositor Mineiro

Grandes nomes do cenário musical brasileiro se apresentam dia 22 de agosto, no Teatro de Bolso Sesc Palladium para comemorar o lançamento do Instituto.

Grande precursor da música independente e do crowdfunding no Brasil, o instrumentista mineiro Francisco Mário de Figueiredo Souza, o Chico Mário, falecido em 1988, será homenageado com a criação de um Instituto Cultural que recebe seu nome, com lançamento marcado para o próximo dia 22 de agosto. Intitulado “Viva Chico Mário! Lançamento do Instituto Cultural Chico Mário”, o evento que marca o início dos trabalhos será realizado às 20h, no Teatro de Bolso Sesc Palladium – Avenida Augusto de Lima, 420 – Centro ,ingressos a R$10,00 inteira, R$5,00 meia-entrada, R$ 4,00 comerciário e R$8,00 conveniados. A compra de ingressos pode ser realizada na bilheteria do teatro ou pelo site www.tudus.com.br.
No repertório grandes violonistas vão reproduzir canções inéditas do instrumentista e compositor mineiro. Nomes como Gilvan de Oliveira, Weber Lopes, Juarez Moreira e Geraldo Vianna. Além de promover e preservar a obra de Francisco Mário, o objetivo do Instituto é por meio da música, dança, teatro e audiovisual, trabalhar e fomentar a cultura e cidadania.
A noite escolhida tem um motivo especial: 22 de agosto, aniversário de Chico Mário. O Instituto começa a elaborar as comemorações para o próximo ano em que o compositor completaria 70 anos de vida, 30 anos de sua morte. “Meu pai sempre viu na música uma poderosa ferramenta de formação, de educação, de cidadania. Na música nós unimos arte e sensibilidade. É uma grande emoção para nós inauguramos esse instituto e além de dar visibilidade a sua obra, por meio da música, trabalhar esses valores que foram tão importantes pra ele”, ressalta Marcos Souza, filho de Chico, idealizador e conselheiro do Instituto.
O show terá início com um cordel sobre a obra do artista criado e declamado por Jéfte Amorim, representante do Instituto no Nordeste e grande fã do trabalho de Chico. Mostrando a influência artística que tomou conta de toda a família, além de canções reproduzidas pelos violonistas, também vão tocar e cantar algumas músicas de Chico seus filhos, Marcos Souza e Karina Souza e também suas sobrinhas, Regina Souza e Tereza Spósito. Nivia Souza, presidente do Instituto e viúva do compositor mineiro, também estará presente e fará o discurso de lançamento.
“Na verdade o Instituto Cultural Chico Mário surge pra trabalhar cultura e cidadania que é o que papai sempre era preocupado. Ele chegou a fazer um método de música para crianças, visando o caráter formativo delas. Já que ele acreditava que a música é uma poderosa ferramenta. Aprendendo música, as crianças e jovens melhoram na educação, na matemática, no foco, na cognição, enfim, na saúde”, reforça Marcos.
Além do show, o evento comemora também uma parceria com o Instituto Ouro Preto por meio de um livro que está sendo produzido pelo maestro Rodrigo Toffolo e será ilustrado por Ziraldo. Em 2018, será lançando um documentário sobre Chico Mário dirigido pelo cineasta Silvio Tendler; Chico era grande admirador de seus filmes. A intenção da família é abrir uma sede do Instituto em Belo Horizonte. “A partir disso vamos continuar trabalhando esse viés de cultura e cidadania, queremos ser referência no cenário musical brasileiro e internacional em um ambiente que seja reconhecido como espaço de produção e difusão de conhecimento”, completa Marcos Souza.

Chico Mário

Nascido em 22 de agosto de 1948 em Belo Horizonte, Francisco Mário de Figueiredo Souza, o Chico, foi o grande precursor da música independente no Brasil em uma época em que as gravadoras dominavam o mercado musical. Também foi um dos precursores do crowndfunding no Brasil, lançando em 1980 o disco “Revolta dos Palhaços” com dinheiro de 200 pessoas que compraram o disco antes mesmo de sua produção. Em 1986, lançou o livro “Como fazer um disco independente”, apontado como o primeiro do gênero no país.
Irmão mais novo do sociólogo Betinho e do cartunista Henfil, fez história na música brasileira, ao todo são 89 composições, oito discos independentes. Também elaborou um método de música em cores para crianças e publicou histórias infantis na revista Recreio. O primeiro disco, “Terra’, lançado em 1979, recebeu grandes elogios do poeta Carlos Drummond de Andrade”. Em 1987 escreveu seus últimos trabalhos: “Dança do Mar”, “Suíte Brasil” e “ Tempo”. As obras e vida de Chico se confundem com a própria história política, social e cultural do país.
Mais informações sobre Chico Mário: http://www.3irmaosdesangue.com.br/irmaos/chico.html

SERVIÇO

Viva Chico Mário! Show celebra lançamento de Instituto do instrumentista e compositor mineiro
Dia: 22 de agosto (terça-feira)
Local: Teatro de Bolso Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420 – Centro)
Horário: 20H
Ingressos: R$10 (Inteira) R$ 5 (Meia) R$ 4 (Comerciários)R$ 8 (Conveniados)
Venda: Na bilheteria do teatro ou pelo site: http://www.tudus.com.br/evento/sesc-palladium-viva-chico-mario

Produção Geral: Atelier Cultural


ROTEIRO

Cordel (Jéfte Amorim - Coordenador Norte/Nordeste do Instituto Cultural Chico Mário)
Apresentação (Nivia Souza - Presidente do Instituto e viúva do Chico Mário)
Guerra de canudos (Marcos Souza, autor: Francisco Mário)
Marionetes (Marcos e Karina Souza, autor: Francisco Mário)
O Homem Mais Forte do Mundo (Marcos e Karina Souza, autor: Francisco Mário)
Exílio (Marcos e Karina Souza, autor: Francisco Mário)
Passarinho Preto (Marcos, Regina e Tereza, autor: Francisco Mário)
Cantiga de Cego (Weber Lopes, autor: Francisco Mário)
Choro em Bach (Weber Lopes autor: Francisco Mário)
Samba do Neném (Gilvan Oliveira)
Barroco Mineiro (Juarez Moreira, auto: Francisco Mário)
Você Chegou Sorrindo (Juarez Moreira)
Saudades de Mim (Geraldo Vianna, autor: Francisco Mário)
Falso Chorinho (Geraldo Vianna autor: Geraldo Vianna)
Ressurreição (Marcos Souza, autor Francisco Mário)
Ouro Preto (Marcos e Karina Souza, autor: Francisco Mário)
INSTITUTO CHICO MÁRIO - COMPOSIÇÃO
Presidente: Nivia Souza
Direção Educativa: Karina Souza
Coordenador Norte/Nordeste: Jefte Amorim
Idealizador: Marcos Souza
CONSELHO:
Presidente do conselho - Rodrigo Toffolo
Conselheiros - Marcos Souza, Ana Souza, Erika Pessoa, Renato Dolabella, Márcia Almeida, Jacqueline Guimarães, Zilka Caribé, Regina Souza, Tereza Spósito

Instituto Cultural Chico Mário – Facebook
http://www.facebook.com/InstitutoCulturalChicoMario/

Anne S. Guimarães 
PESSOA. Agência de Relações Públicas

0 comentários :

Postar um comentário