Virarte encerra programação da 13ª Aldeia do Velho Chico


 

Entre as atrações musicais do encerramento estão As Bahias e a Cozinha Mineira 

Após 11 dias com dezenas de atrações culturais, como shows musicais, espetáculos teatrais, dança, literatura, cinema, oficinas, gastronomia e artesanato, a 13ª edição da Aldeia do Velho Chico – Festival de Artes do Vale do São Francisco se encerra neste sábado (12) com o Virarte, uma programação com mais de dez horas ininterruptas. 
O último dia do festival começa às 16h, e toda a programação acontece no Sesc Petrolina. Uma Mostra de Coreografias (Juazeiro-BA/Petrolina-PE) abre as atividades, seguida por apresentação às 17h pelo Coral Vozes do Sertão, do IF Sertão (Petrolina). Às 18h a Cia de Dança do Sesc apresenta o espetáculo “Eu vim da Ilha”, que utiliza no seu conceito alguns elementos e signos da Ilha do Massangano, comunidade que fica no meio do Rio São Francisco em Petrolina.
Às 19h o Tio Zé Bá (Petrolina) anima o público com um som que dialoga entre as várias tendências distintas no próprio gênero reggae e outros gêneros musicais. Às 20h tem o espetáculo “Manga com Leite”, da Cia Alysson Amâncio (Juazeiro do Norte-CE), e no mesmo horário Juliano Varela apresenta o espetáculo “Tempos Difíceis”. Carol Andrade (Petrolina) apresenta uma performance às 21h, em seguida o espetáculo “Cavalo (em processo)” será apresentado pela Qualquer Um dos 2 Cia de Dança (Petrolina). 
Às 23h sobem ao palco As Bahia e a Cozinha Mineira (São Paulo-SP), banda liderada pelas cantoras Assucena e Raquel Virgínia . A apresentação As Bahias e a Cozinha Mineira etc & tal, ganhou os palcos pela primeira vez com um catártico show no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo, no dia 30 de setembro. O nome escolhido, como explica Assucena, faz referência a hino de Caetano Veloso, a canção Da Maior Importância, que foi gravada por Gal Costa em 1973. São os enigmas e as proposições das mulheres que, muitas vezes, são inteligíveis para os homens. Como escreveu Caetano ‘uma mulher é sempre uma mulher’ e é exatamente disso que se trata esse espetáculo: o universo feminino”, conta.
Logo depois tem o “Dancing Queen” com participação de Jane di Castro (Rio de Janeiro-RJ) e DJ Candite (Petrolina-PE). A DJ Lizandra Martins (Petrolina-PE) encerra a edição do festival com sua setlist de “Antrópica: Ritmo e Ecologia Humana”. Durante o Virarte, das 15h às 22h, o Mercado Cultural vai funcionar no corredor do Sesc comercializando diversos produtos. 
DOAÇÃO: 

Este ano, para ter acesso à programação do Virarte o público pode optar por pagar R$5 ou doar 1 kg de alimento não perecível para o Banco de Alimentos do Sesc Petrolina, um dos modelos de atuação do Mesa Brasil Sesc – Rede Nacional de Solidariedade e Cidadania. Um programa de responsabilidade social do Sesc que atua para diminuir o abismo da desigualdade social no país, minimizando os efeitos da fome e da desnutrição.

Serviço:

Festival Aldeia do Velho Chico - Virarte
Data: 12 de agosto, a partir das 16h 
Local: Sesc Petrolina (Rua Dr. Pacífico da Luz, 618)
Ingressos: 1kg de alimento não perecível ou R$5
Informações: (087) 3866- 7454

Fabiano Barros – Dupla Comunicação

0 comentários :

Postar um comentário