Prefeito Paulo Bomfim faz o recadastramento biométrico eleitoral e convida a população juazeirense


A população brasileira precisa realizar o recadastramento biométrico eleitoral até o mês de dezembro de 2017.  O eleitor que não fizer este procedimento terá seu título cancelado e será impedido de abrir conta em banco, bem como não terá acesso a benefícios sociais, como o Bolsa Família. Para incentivar a população juazeirense, o prefeito Paulo Bomfim foi ao Cartório Eleitoral, na tarde desta terça-feira, 08, para realizar o seu recadastramento. O Procurador Geral do Município, Eduardo Fernandes, e o Assessor Jurídico, Josenildo Barros, acompanharam o prefeito.
Recebido pelo juiz eleitoral, José Carlos Rodrigues do Nascimento, o prefeito agradeceu pela recepção e reiterou a importância da população realizar o recadastramento. “Em nosso sistema eleitoral, o voto é o maior poder do eleitor, do cidadão, promover mudanças. É ele quem escolhe os seus representantes. Estamos pedindo para todas as pessoas que venham ao Cartório para que façam a sua biometria e fiquem aptos para votar, além de não sofrerem nenhum tipo de impedimento. Não deixem para a última hora”, conclama o prefeito.
A Prefeitura de Juazeiro tem uma parceria com a Justiça Eleitoral, oferecendo apoio logístico aos funcionários para que se desloquem pelo município e montem os seus pontos de recadastramento volantes.
Para o juiz eleitoral a ida do prefeito é um incentivo à população. “Precisamos recadastrar todo o eleitorado de Juazeiro, principalmente as pessoas que recebem benefícios sociais. O prefeito tem feito a sua parte, nos dando apoio, e agora, fazendo o seu recadastramento, dá visibilidade e incentiva as pessoas”, declarou Dr. José Carlos Rodrigues do Nascimento. O magistrado reforça o convite. “Convoco a todos os eleitores para que se dirijam aos Cartórios e procurem os postos volantes, que serão instalados em breve”, solicita.
Ascom PMJ

0 comentários :

Postar um comentário