“Menos Brasília e mais Brasil”, clama Eduardo Giannetti em Curitiba


O economista participou do Fórum de Economia, organizado pela Amcham-Curitiba

“Menos Brasília e mais Brasil”. Com essa reflexão, o economista Eduardo Giannetti encerrou o Fórum de Economia, que aconteceu nesta quinta-feira (22/6) em Curitiba. O evento foi organizado pela Câmara Americana de Comércio (Amcham-Curitiba) e reuniu executivos e empresários da capital.
Um dos pensadores mais consagrados do país, Giannetti  falou sobre o impacto da operação Lava Jato na sociedade brasileira, sobre os rumos que país pode seguir para sair da recessão econômica e demonstrou confiança na atual equipe econômica do governo federal. Já em relação à equipe política, o economista afirmou que é preciso “mudar a qualidade dos jogadores e também as regras do jogo”, referindo-se a questões como o foro privilegiado.
Andrea Chamma, ex-vice chairwoman do Bank of America Merrill Lynch, abriu o evento falando sobre os atuais moldes de negócios. Segundo a executiva, a nova geração não trabalha apenas visando o ganho financeiro e, pelo contrário, dá um propósito ao lucro.
O Fórum de Economia contou também com a participação de Bernard Appy, ex-secretário do Ministério da Fazenda e diretor do Centro de Cidadania Fiscal, que afirmou que o Brasil está mais maduro para aceitar uma grande reforma tributária. Appy mostrou ao público um projeto de mudança da tributação de bens e serviços, baseado em modelos de países da Europa e Nova Zelândia.
Hadler Martines, gerente sênior da PwC Brasil, foi o mediador do evento.
Livia Pulchério | Pg1

0 comentários :

Postar um comentário