Festas juninas: Motoristas devem dirigir com atenção na BR-235/BA


Quem for trafegar pela BR-235/BA, rodovia que corta o norte da Bahia, durante o período das festas juninas deve ficar atento às sinalizações, animais na pista e excesso de velocidade. Entre Carira, em Sergipe, e Juazeiro, na Bahia, a estrada dá acesso às cidades baianas de Uauá, Canudos, Jeremoabo e Coronel João Sá, e totaliza quase 360 quilômetros (km), dos quais, aproximadamente 310 encontram-se asfaltados.
Para quem for dirigir pelo Lote 1 (Divisa da Bahia/Sergipe à Jeremoabo), percorrerá 79,3 km, sendo 57 km asfaltados. Por conta do período chuvoso, o motorista deve tomar cuidado com a pista molhada e com o excesso de velocidade, especialmente nos trechos com asfaltado sem sinalização definitiva. Dos 57 km asfaltados, apenas 10 km ainda estão sem as sinalizações vertical e horizontal definitivas.
“No momento, o Lote 1 está em paralisação temporária das atividades, porém uma equipe está de prontidão para qualquer eventualidade como, por exemplo, problemas causados pelas chuvas. É recomendável que o motorista evite dirigir à noite, uma vez que há trechos sem sinalização definitiva. O motorista deve ficar atento com a poeira existente no local, que dificulta a visibilidade e aumenta o risco de acidente”, alerta Igor Andrade, Supervisor Ambiental da BR-235/BA.
No Lote 2 (Jeremoabo à Canché) cerca de 60 dos 77,60 km de extensão do deste trecho já estão asfaltados. Da cidade de Jeremoabo até o povoado de Brejo Grande, por exemplo, são 28,5 quilômetros de pista asfaltada. Os motoristas devem ficar atentos com o fluxo de pedestres próximos aos povoados, além dos trechos não pavimentados, que, por conta da chuva, cria lama na pista.
O Lote 3 tem 74,1 km e vai de Canché até Uauá. Neste trecho está com 100% da estrada asfaltada. Recentemente, a construtora responsável pela manutenção da rodovia realizou o serviço de recapeamento na estrada. Quem seguir viagem pelo Lote 4 (Uauá à Pinhões) também encontrará 100% da estrada asfaltada, que totaliza 51 km. Para evitar acidentes e problemas com o veículo, é recomendável manter a velocidade média.
Já no Lote 5, as obras estão a todo vapor nas duas pontes que dão acesso ao povoado Lagoa do Boi, em Juazeiro. Recentemente, o consórcio responsável pela obra neste trecho liberou o trânsito pela ponte do riacho Tourão, no bairro Jardim Primavera, também em Juazeiro. Já no intervalo de 4km sem asfalto próximo à Agrovale está em processo de averiguação da qualidade da compactação do solo. Este trecho, que tem 75,40 km entre Pinhões e Juazeiro, está com aproximadamente 69 km asfaltados.
A execução da obra é do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), autarquia federal vinculada ao Ministério dos Transportes. A obra de Implantação e Pavimentação da BR-235/BA tem o acompanhamento da equipe da Universidade Federal de Viçosa (UFV), responsável pela Gestão Ambiental do empreendimento, abrangendo a Supervisão e Gerenciamento Ambiental e a Execução dos Programas Ambientais – conforme o Termo de Cooperação, firmado com o DNIT.
Gestão Ambiental da BR-235/BA

0 comentários :

Postar um comentário