Rodrigo Maia sugere ao governador Pezão a exoneração do secretário de segurança


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sugeriu hoje (22) ao governador Luiz Fernando Pezão que exonere o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Roberto Sá. A declaração foi dada à revista Veja e confirmada, em nota, pela assessoria da presidência da Câmara.
"A crise na Rocinha mostra que, infelizmente, o secretário Roberto Sá perdeu as condições de comandar a política de segurança pública do Rio. Falo isso com respeito e admiração pela trajetória dele", disse Maia.
Os confrontos na Rocinha começaram no último domingo (17) com uma disputa entre bandidos pelo controle do tráfico de drogas na favela, localizada em São Conrado, zona sul carioca. Na ocasião, não houve atuação efetiva das forças policiais. O quadro voltou a se agravar nesta sexta-feira (22) e o governador pediu então ao Ministério da Defesa que as Forças Armadas atuassem no entorno da comunidade. O primeiro contingente de militares chegou à Rocinha às 16h10, com o objetivo de fazer um cerco na favela, em apoio às operações das polícias Militar e Civil.
Em nota, o governo fluminense disse que “vem priorizando a política de segurança, apesar de todas as dificuldades que tem enfrentado, ciente de suas responsabilidades e da importância da preservação da vida”.
O governo esclareceu que “para o cumprimento dos seus objetivos, o estado tem trabalhado de forma integrada com as forças federais, sob a coordenação do secretário de Segurança Roberto Sá, que tem sido incansável no cumprimento do dever”.

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Maior evento corporativo de Curitiba aposta em food trucks como ambiente de negócios


Voltado para executivos de diferentes setores, o Amcham Business Day apresenta debates e clima de happy hour no próximo dia 27

A nova geração de executivos, além de buscar sempre a inovação em seus empreendimentos, estabelece uma relação diferente com o ambiente de negócios. A sala de reunião cercada de formalidades não é mais a única opção para que representantes de empresas troquem ideias e estabeleçam novas parcerias. No Amcham Business Day, maior evento corporativo de Curitiba, a interação entre os participantes deve acontecer também nos food trucks.
O evento tem entrada gratuita e acontece na quarta-feira (27) na Unicuritiba com food trucks de quatro marcas paranaenses. Hambúrgueres da My Way, crepes franceses da Vive la Crêpe, as pipocas gourmet da Bela Pipoca e as cervejas artesanais da Mr. Hoppy estarão à venda entre os debates e tomadas de decisão. Segundo o gerente regional da Amcham Curitiba, Gustavo Silvino, o Amcham Business Day pretende trazer um encontro menos formal entre executivos de todos os setores e portes. “A ideia é que, além dos conhecimentos adquiridos durante as palestras, o participante encontre também o maior Business Fest da cidade”, afirma. Silvino acredita que “um ambiente mais dinâmico e informal é muito favorável aos negócios”.
 Com o tema “A Terceira Onda – Como a informação está mudando a competição”, o principal evento da Câmara Americana de Comércio (Amcham) vai apresentar nomes conceituados como William Waack, jornalista e cientista político; Donna Hrinak, ex-embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, presidente da Boeing América Latina e vice-presidente da Boeing Internacional, e José Aroldo Gallassini, presidente da Coamo.
​​Serviço 
Business Day 
Data: 27/9 (quarta-feira)
Horário: 14h às 20h
Local: UniCuritiba
Inscrições e mais informações: www.amcham.com.br/curitiba ou (41) 2101-9350

Douglas Rodrigues | Pg1  

Fórum das Secas apresenta modelo de uso da água na agricultura irrigada do Texas

O evento acontece em Recife, na segunda-feira (25), e em Petrolina, na terça-feira (26) 

A Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe) e o Sebrae reúnem lideranças do setor agropecuário, em duas apresentações do Fórum das Secas, nas próximas segunda-feira  (25) no Recife, e terça-feira (26) em Petrolina. O evento traz a palestra “Eficiência do uso da água nas águas da agricultura irrigada do Texas”, ministrada pelo professor norte-americano, Glen Lorin Ritchie, da Universidade do Texas.
De acordo com Pio Guerra, presidente da Faepe, o uso de aquíferos, como provedores de água para irrigação, será o mote das apresentações. “Essa alternativa se deve a redução das águas disponíveis e a necessidade de se contar com métodos que ensejem economia no uso do recurso hídrico”, esclarece Guerra.
O especialista Glen Lorin Ritchie chama a atenção para o uso de modelagem, técnica praticada em vários países de clima seco, a exemplo da Austrália, para estimar a água disponível nos aquíferos, a capacidade de recarga e o desenvolvimento de tecnologias de irrigação que induzam a sustentabilidade das áreas irrigadas.  
O Fórum Permanente de Convivência Produtiva com as Secas tem o objetivo de servir como um espaço de debates sobre o tema por instituições empresariais para que sejam apresentadas aos formuladores de políticas, governos e à sociedade soluções duradouras desenvolvidas para a convivência produtiva com os períodos de forte estiagem que possam ser aplicadas em Pernambuco e também no Semiárido brasileiro.
A iniciativa reúne 13 entidades: ACP – Associação dos Criadores de Pernambuco, AFCP – Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco, ANAP – Associação Nordestina de Agricultura e Pecuária, Avipe – Associação Avícola de Pernambuco, Facep – Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Pernambuco, Faepe – Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco, Fecomercio/PE – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco, Fiepe – Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco, Sebrae/PE – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco, Senar/PE – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Sindaçúcar – Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco e Sindcape – Sindicato dos Cultivadores de Cana de Açúcar de Pernambuco.

Serviço: Fórum Permanente de Convivência Produtiva com as Secas
Recife
Data: 25 de setembro de 2017 – Segunda-feira
Local: Hotel Golden Tulip – Av. Boa Viagem, nº 4070, Recife/PE
Horário: 8h30 às 12h

Petrolina
Data: 26 de setembro de 2017 – Terça-feira
Local: Hotel Nobile – Av. Cardoso de Sá, nº 215, Petrolina/PE
Horário: 19h às 21h

Dupla Comunicação

PMs da 20ª CIPM distribuem “sopa solidária” para comunidades carentes


A Polícia Militar por meio da 20ª CIPM realiza todas as quintas-feiras o projeto sopa solidária. Idealizado pelos policiais da unidade, a iniciativa tem como objetivo ajudar as comunidades carentes da região de Santo Amaro.


Para a confecção do sopão, a PM conta também com a solidariedade dos comerciantes através de doações de ingredientes, além de  funcionárias da prefeitura da cidade que ajudam no preparo da refeição na cozinha do quartel. O Projeto que teve início a mais de ano, já beneficiou moradores dos bairros de Santo Amaro, Camdolândia e Caieira, este que é considerado o bairro mais populoso do município.


Para o comandante da 20ª CIPM, major Melo Neto, a distribuição do sopão será inserida na programação anual de ações sociais da unidade, além de outros projetos de inclusão com oficinas de música e esportes para os jovens da cidade.

Ascom PMBA

Policial que matou um jovem e feriu um adolescente é preso

Acusado de matar um jovem e ferir um adolescente de 17 anos, no bairro de Piatã, no dia 27 de maio, o capitão PM Geraldo César Marques da Silva Azevedo, de 44 anos, teve a prisão temporária cumprida, por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Corregedoria da PM.
Geraldo é lotado na 81ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), de Itinga, onde foi preso, na terça-feira (19), quando estava em serviço. O PM teria praticado o crime por suspeitar que as vítimas tivessem assaltado sua companheira. 
Baleado no tórax e nas costas, Átila Freitas de Jesus Santos foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde morreu. O comparsa, Paulo Daniel Gomes Soares, foi atingido no abdômen, tórax e braço direito e ficou paraplégico.
Uma pistola ponto 40, que pertence a Polícia Militar da Bahia, um revólver calibre 38 e a bermuda que o capitão usava no dia do crime foram apreendidos e encaminhados à perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Geraldo está no Complexo Penitenciário da Mata Escura à disposição da Justiça. 

Ascom SSP- BA

Irmãos são presos com um Logan roubado


Os irmãos Franklin Anderson Barros Marques e Adalberto Lima Marques Júnior foram presos, na noite desta quinta-feira (21), por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), com uma escopeta calibre 12, um rifle calibre 38 e dezenas de cartuchos, no Queimadinho, bairro da Liberdade.
Os dois assaltantes estavam no interior de um Renault Logan roubado e placas clonadas, na segunda-feira (18), no Largo de Roma, quando foram abordados pelos policiais, que foram rechaçados pela dupla, que resistiu à prisão e partiu para as agressões. Eles são suspeitos de roubos a transeuntes e roubos de cargas.
Conduzidos à base da DRFRV, na área do Detran, Franklin e Adalberto foram autuados pelos crimes de receptação qualificada, de adulteração de sinal identificador de veículo e de porte de arma, pelo delegado Marcelo Novo, lotado naquela especializada. Ambos foram encaminhados à audiência de custódia, no Núcleo de Prisão em Flagrante da Justiça, no Iguatemi.

Ascom SSP- BA

Motocicleta furtada é recuperada em Itatim


O delegado Alex Wendel, titular da Delegacia Territorial (DT), de Itatim, autuou, na quinta-feira (21), o ladrão Sinoel Araújo da Silva, o “Dó”, por corrupção de menor e cumpriu um mandado de prisão preventiva que estava em aberto por um roubo cometido, por ele, em Castro Alves. “Dó” deu apoio para um adolescente de 17 anos furtar uma motocicleta Honda CG 150 Fan, placa OKU – 4802, subtraída em 20 de setembro, naquela cidade.
Recuperada pelos policiais militares que faziam diligências para localizar os ladrões, a motocicleta, inicialmente, foi escondida pelo adolescente num matagal às margens da BR – 116. A estratégia da dupla era pegar o veículo no dia seguinte, separar as peças e levá-las para a casa de Sinoel, a qual foi interrompida pela presença dos policiais, que flagraram tudo.
Os policiais apreenderam também outra moto Honda 125, que estava com o adolescente, cuja procedência será averiguada. Sinoel está custodiado na carceragem da DT/Itatim à disposição da Justiça e aguardando remoção para o sistema prisional. O adolescente foi entregue a mãe que compareceu à unidade policial e o material apreendido seguiu para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Ascom SSP- BA

Traficante é procurado por mais de 15 homicídios


Mais de 15 mortes investigadas pela Delegacia de Homicídios (DH), de Vitória da Conquista, na região oeste do estado, estão atribuídas ao traficante Diogo Oliveira Campos, o Kiko, procurado pela polícia. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira (22), pelo delegado Marcelo Cavalcanti, titular da unidade especializada.
Em conjunto com a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Conquista), a DH/Conquista mapeou as principais quadrilhas em atuação, naquela cidade. Kiko, que integrava o bando liderado pelo traficante Juarez Vicente Morais, o Neguinho Juarez, decidiu sair da quadrilha e matar os antigos comparsas, formando o seu próprio bando.
Neguinho de Juarez, que também está foragido, tem como principal rival o também traficante William de Sousa Filho, o Nem Bomba, que disputa com ele pontos de venda de drogas em toda a cidade. A principal fornecedora de drogas das duas quadrilhas é a Damas de Copa do Baralho do Crime da SSP, Jasiane Silva Teixeira, a Dona Maria.
As duas unidades vêm desenvolvendo um trabalho em conjunto para combater o tráfico e os homicídios relacionados a essa prática criminosa. “Cerca de 90 por cento dos casos apurados pelas duas delegacias, DTE e DH, de Conquista, estão relacionados”, salientou o titular da DTE, delegado Neuberto Costa. 
De acordo com o delegado Marcelo Cavalcanti, Kiko é o principal suspeito de mais de 15 homicídios ocorridos nos últimos três anos, em Conquista, e possui várias representações pela sua prisão, protocoladas na Justiça à espera de deferimento.
Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de Kiko, Neguinho Juarez e Nem Bomba, pode auxiliar o trabalho da polícia, ligando anonimamente para o telefone (77) 3425-8372 ou por meio do Disque-Denúncia (181). O sigilo é garantido.

Ascom SSP- BA

Operação cumpre mandados em Juazeiro e apreende veículos


José Wilson Pereira também foi preso durante a operação acusado de dois homicídios e uma tentativa de latrocínio

Uma operação deflagrada pela 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Juazeiro, na quinta-feira (21), para o cumprimento de mandados, resultou na apreensão de dois veículos com suspeita de adulteração e na prisão de José Wilson Barbosa Pereira, o Wilson de Santino, acusado de dois homicídios e uma tentativa de latrocínio.
A coordenadora regional da 17ª Coorpin, delegada Lígia Nunes de Sá, a motocicleta Honda, modelo Falcon NX4, de cor verde, e a picape Fiat Strada, também verde, estavam na Fazenda Pontal, no povoado de Itamotinga, zona rural de Juazeiro, onde Wilson foi preso. As equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), de Juazeiro, também participaram da ação.
Wilson estava com a prisão decretada pela Justiça, acusado da morte de José Alves de Souza, no Distrito de Maniçoba, em outubro de 2012, e de José Ivo Dantas, assassinado em novembro do mesmo ano, em Itamotinga, ambos os casos investigados pela Delegacia de Homicídios (DH), de Juazeiro.
Ele também é apontado pelas investigações desenvolvidas pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Juazeiro), como autor da tentativa de latrocínio de Luanderson Dias Alves, em maio deste ano. Wilson ficará custodiado na sede da Coorpin/Juazeiro, à disposição da Justiça.

Ascom SSP- BA

Aeronáutica fecha espaço aéreo para facilitar voo de helicópteros na Rocinha


A Força Aérea Brasileira informou que o espaço aéreo no entorno da favela da Rocinha foi fechado hoje (22) às 13h50 por determinação do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea, do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) da Aeronáutica. Helicópteros e aeronaves particulares não podem sobrevoar a região da favela da Rocinha. Apenas helicópteros oficiais podem permanecer no espaço aéreo para dar apoio às equipes de terra que ocupam à comunidade da Rocinha.
Um helicóptero do Exército está fazendo sobrevoos agora à tarde sobre a área de mata fechada, no alto da Rocinha e também junto à Base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).
O Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) em apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública informou que irá atender à solicitação do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando de Souza Pezão. No momento, está acontecendo uma reunião entre seus componentes para definir de que forma será a atuação das tropas na comunidade da Rocinha.
A troca de tiros que se intensificou hoje na favela da Rocinha, na Gávea, zona sul do Rio desde cedo, suspendeu às atividades na Pontifícia Universidade Católica (PUC), na região administrativa da Rocinha, no posto do Detran da Gávea e também a Clínica São Vicente, no alto da Gávea, que fechou para consulta a pacientes e dispensou os funcionários. Clínicas da família e outros serviços de atendimento também suspenderam o atendimento, por medida de segurança. Mais de 2.550 crianças ficaram sem aulas nesta sexta-feira na Rocinha.

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

Gilmar Mendes vai relatar pedido de habeas corpus de Joesley e Wesley Batista


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes foi sorteado hoje (22) para relatar pedido de liberdade dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da J&F. Mendes, que está em viagem oficial para acompanhar as eleições parlamentares na Alemanha, não tem prazo para decidir o caso.
Os dois estão presos em São Paulo acusados de usarem informações privilegiadas para fraudar o sistema financeiro. Wesley foi preso no último dia 13, e Joesley já estava preso por determinação do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), em função da quebra do acordo de delação com a Procuradoria-Geral da República (PGR).
Eles são acusados crime de insider trading [uso de informações privilegiadas], sob a suspeita de usarem dados obtidos por meio de seus acordos de delação premiada para venderem e comprarem ações da JBS no mercado financeiro.
O habeas corpus foi protocolado nesta manhã (22) após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitar o mesmo pedido. Na sessão de quinta-feira (21), os ministros da 6ª Turma da Corte decidiram manter a prisão dos acusados.

André Richter - Repórter da Agência Brasil

Advogado Mariz deixa a defesa de Temer


O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira anunciou hoje (22) a decisão de renunciar à defesa de Michel Temer na segunda denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente da República. Foi Mariz quem conduziu a defesa de Temer na primeira denúncia feita pela PGR e rejeitada pelo Congresso em 2 de agosto deste ano.
O afastamento do advogado deve-se ao fato de ele ter defendido no passado o doleiro Lúcio Funaro, um dos delatores citados na nova denúncia, o que configuraria conflito ético. Mariz continuará trabalhando para o presidente em outros casos.
A segunda denúncia contra Temer chegou à Câmara dos Deputados nesta sexta-feira (22), depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter rejeitado pedido da defesa do presidente para interromper a tramitação. Antes mesmo da decisão do STF, Mariz já havia comunicado a Temer que deixaria de defendê-lo caso a denúncia prosseguisse.

Funaro e Cunha estão presos

Funaro foi preso em julho de 2016 no âmbito da Operação Sépsis, que investiga desvios do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) em esquema comandado pelo ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que também está preso.
O doleiro fez várias acusações ao presidente, que foram usadas pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot para elaborar a tese de organização criminosa e obstrução de justiça que sustenta a atual denúncia contra Temer.
Mariz trabalhou para Funaro até a sua prisão, mas deixou o caso quando ele decidiu fazer delação premiada, recurso que o advogado reprova.

Décio Trujilo Júnior - Repórter da Agência Brasil