Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 25 de outubro de 2014

O POVO/Datafolha: Camilo tem 52% e Eunício, 48%

Pesquisa mostra empate técnico, com tendência favorável ao petista. Camilo caiu de 57% para 52% e o peemedebista subiu de 43% para 48% dos votos válidos (Foto: Reprodução)
A última rodada da pesquisa O POVO/Datafolha para o Governo do Estado do Ceará revela uma nova situação de empate técnico. Comparando com o último levantamento do Datafolha, realizado no dia 22 de outubro, Camilo caiu de 57% para 52% dos votos válidos. Já Eunício Oliveira (PMDB) cresceu de 43% para 48%.

Como a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão em situação de empate técnico. O Datafolha ressalva, porém, que há uma possibilidade maior de Camilo estar a frente. Isso porque essa situação de empate efetivo só acontece quando se leva em conta a pior situação para Camilo (50%) e a melhor para Eunício (50%).

Votos válidos é a forma como a Justiça Eleitoral divulga o resultado oficial da eleição, desconsiderando votos brancos e nulos.

Levando em conta os votos totais, o que inclui brancos, nulos e indecisos, Camilo passou de 49% para 46% das intenções de voto. Já Eunício passou de 38% para 43%. Brancos e nulos alcançam 4%. Os eleitores indecisos somam 7%.

A pesquisa foi realizada nesta sexta-feira (24) e sábado (25). O Datafolha entrevistou 2.412 eleitores em 52 municípios em todo o Estado do Ceará.

Conhecimento do número


O Datafolha também revela que, com a aproximação da votação, caiu o percentual de desconhecimento do número do candidato. Do total de eleitores entrevistados, 91% sabiam corretamente o número de seu candidato. Do restante, 5% não souberam dizer o número, 3% disseram incorretamente o número e 1% não soube informar o número para anular o voto.

Entre os candidatos, a taxa de conhecimento é bem parecida. Entre os eleitores de Camilo 93% informaram corretamente o número do candidato e entre os de Eunício, 91%.

Metodologia


A pesquisa foi contratada pelo O POVO, em parceria com Folha de S.Paulo e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número CE 00036/2014 e BR – 01210/2014. O nível de confiança é de 95%.

Fonte: O POVO

Empresas devem ficar atentas à saúde bucal do trabalhador


Atendimento odontológico na empresa reduz absenteísmo e evita agravamento de outras doenças, como diabetes e cardiopatias, que colocam em risco à saúde dos profissionais

Os problemas odontológicos são um dos principais responsáveis pelas “pequenas” faltas ao trabalho. Aqueles afastamentos de um ou dois dias que, ao final do ano, impactam diretamente no desempenho da empresa.  Nesta semana, em que é celebrado o Dia Nacional da Saúde Bucal, o SESI/PE aproveita para reforçar, junto as indústrias, que o investimento na saúde odontológica do trabalhador impacta em mais produtividade/competitividade para as organizações, além de mais qualidade de vida para os profissionais.
Segundo a especialista em Odontologia do Trabalho e responsável técnica pela área da Odontologia do Sesi/PE, Dalma Sotero, cáries, lesões de mucosa e outras doenças bucais devem ser encaradas como um sério problema de saúde, com influência direta na capacidade produtiva do trabalhador.  A existência de pontos de infecção dentários, por exemplo, pode agravar ou desencadear doenças em outras áreas do corpo humano, como cardiopatias, artrite, úlceras e meningite, trazendo prejuízos ainda maiores à saúde do profissional”, observa.

Ainda de acordo com a especialista, investir em 
atendimento odontológico dentro do próprio ambiente corporativo reduz em 86% o afastamento do trabalhador do seu posto de trabalho por motivos odontológicos, além de prevenir o agravamento das doenças bucais já existentes.
Atualmente, o Sesi/PE oferece o serviço para empresas do setor industrial em todo o Estado. Ele pode ser realizado tanto por meio de Unidades Móveis, quanto pela instalação de uma Unidade de Atendimento (consultório) nas dependências da organização. Além do tratamento dentário, a entidade também desenvolve ações educativas de promoção à saúde bucal, sem ônus adicional para as indústrias. “Asensibilização dos trabalhadores para a adoção de hábitos básicos de higiene oral, como escovar os dentes após cada refeição e utilizar o fio dental, faz toda a diferença para a saúde bucal dos trabalhadores e, consequentemente, para a sua qualidade de vida e de trabalho”, finaliza.

Rochélle Alves 
Jornalista Sesi Pernambuco 
Assessoria de Imprensa

Timão empata aos 45, e Verdão dá tchau ao Pacaembu com tabu de pé

Valdivia sentiu dores na região da cintura após trombada com o volante Elias (Foto: Getty Images)
O possível último Derby da história do Pacaembu terminou com empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Corinthians. Prestes a retornar à sua reformada arena, o time alviverde jogou como mandante no estádio municipal e vencia até os 45 minutos do segundo tempo, com gol de Henrique, quando Danilo igualou e sustentou tabu de 19 anos sem derrota de seu clube para o arquirrival no estádio municipal.

Além de não conseguir dar adeus ao jejum iniciado em 1995, o Palmeiras ainda convive com o risco de rebaixamento à segunda divisão em seu centenário, agora com 36 pontos. Já a equipe de Itaquera, familiar à sua antiga morada, como lembrou Mano Menezes ao longo da semana, fracassa na tentativa de tomar (ao menos momentaneamente) a vice-liderança do São Paulo, mas não sai derrotada e chega a 53 pontos.

Com morada nova recém-inaugurada - motivo pelo qual abandonou o Pacaembu -, o Corinthians será mandante no próximo sábado, diante do Coritiba. O Palmeiras vai a campo no dia seguinte, contra o Bahia, em Salvador, uma rodada antes de possivelmente estrear seu reformado estádio, o antigo Palestra Itália, agora batizado de Allianz Parque.

Gazeta Esportiva

Vasco sai na frente mas sofre o empate contra a Ponte Preta

VASCO x Ponte Preta - Campeonato Brasileiro 2014 - Série B Jogadores comemoram o único gol do Vasco na partida (Foto: Marcelo Sadio/Vasco.com.br)
Em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, Vasco e Ponte Preta se enfrentaram na tarde deste sábado (25/10), em São Januário. 

A equipe de São Januário saiu na frente, com Lucas Crispim, mas sofreu o empate, terminando a partida em 1 a 1. 

Com o resultado, o Vasco permaneceu na terceira colocação, com 55 pontos, seis atrás do adversário desta tarde, e líder da competição.

O Vasco volta à campo na próxima sexta-feira (31/10), às 21h50, para enfrentar o Paraná, no Durival de Britto. A partida é válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Fonte: Site do Vasco

Cruzeiro cede empate ao Figueira nos acréscimos, mas segue líder

Cruzeiro jogou abaixo e permitiu empate do Figueirense no final (Foto: Getty Images)
O Cruzeiro não conseguiu fazer uma exibição brilhante contra o Figueirense, e mesmo saindo na frente no placar não conseguiu segurar a vantagem e ficou no empate em 1 a 1, em jogo realizado neste sábado, no estádio Orlando Scarpelli. Mesmo deixando de somar mais dois pontos, a vantagem da Raposa na ponta do Brasileiro ainda é grande, com favoritismo mineiro para chegar ao título.

O primeiro gol do jogo foi anotado em lance iniciado por Ceará, que cobrou lateral direto na área do Figueirense, a zaga cochilou, e o atacante Marquinhos antecipou a todo mundo para mandar para as redes. Nos acréscimos do segundo tempo, os catarinenses empataram com Pablo, em chute de fora da área. O Cruzeiro segue líder com 61 pontos contra 36 do Figueirense, que ainda corre risco de rebaixamento.

Na sequência do Brasileirão, o líder Cruzeiro terá pela frente o Botafogo, jogo marcado para o dia 2 de novembro, no Mineirão, mas antes a Raposa recebe o Santos, pela semifinal da Copa do Brasil. Já o Figueirense terá compromisso no mesmo dia, mas visitando o Sport, jogo confirmado para a Ilha do Retiro.

Gazeta Esportiva

Fred marca nos acréscimos e decreta triunfo do Fluminense sobre o Furacão

Wagner celebra primeiro gol do Flu na partida (Foto: Nelson Perez / Flickr do Fluminense)
Assim como no meio de semana, o Fluminense conquistou mais uma vitória com um gol no fim. Neste sábado, os tricolores bateram por 2 a 1 o Atlético-PR, no Maracanã, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os cariocas chegaram a 51 pontos e voltaram a briga por uma vaga para a Copa Libertadores da América. Já o Furacão segue no meio da tabela, somando 40.

Após um primeiro tempo sem gols, o Fluminense abriu o placar no início da etapa final, com Wagner. No entanto, nos acréscimos, o duelo voltou a ter emoção, quando Cleberson empatou para o Atlético-PR. Só que, no lance seguinte, Fred marcou para os donos da casa e decretou o triunfo tricolor.

Na próxima rodada, o Fluminense vai até o Serra Dourada para enfrentar o Goiás, no sábado. No dia seguinte, o Atlético-PR vai receber o Atlético-MG, na Arena da Baixada.

Gazeta Esportiva

Miguel Coelho percorre Sertão de Pernambuco para agradecer apoio dos eleitores e reforçar campanha pró-Aécio


Miguel Coelho (PSB), deputado estadual eleito no último dia 5, está percorrendo o Sertão pernambucano para agradecer aos eleitores o apoio recebido na última eleição. Em cada município, o socialista tem conversado com a população e participado de encontros com lideranças políticas e comunitárias com o intuito de reforçar seu compromisso por todo Pernambuco. Nas visitas, Miguel também fortalece a campanha do candidato a presidente da República, Aécio Neves (PSDB), pedindo a todos o engajamento na reta final deste segundo turno. Os compromissos da semana começaram no Núcleo 10 (N-10) do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho e no distrito de Izacolândia, na zona rural de Petrolina. 
Logo depois, Miguel participou de entrevistas na rádio Lagoa Grande FM, no município de Lagoa Grande. “É uma alegria voltar a esse município agora como deputado estadual eleito. Aproveito para reafirmar meu compromisso na luta pela implantação de escolas de tempo integral, ajudando no desenvolvimento da cidade. Agradeço a cada um pelo voto de confiança e irei retribuir com muito trabalho", disse. Em Santa Maria da Boa Vista e acompanhado do ex-prefeito Jetro Gomes, Miguel também aproveitou a entrevista em uma emissora de rádio local para agradecer o apoio dos boavistanos. “Saberei retribuir com muito trabalho e compromisso com o Vale do São Francisco”, destacou.
Miguel ainda passou pelas cidades de Ouricuri e Santa Filomena, onde os prefeitos César de Preto e Gildevan Melo, respectivamente, comemoraram a eleição de um deputado estadual para atender as demandas dos municípios. Compromissos em Dormentes, Afrânio e no distrito de Rajada encerraram a agenda do socialista. 

Ascom Miguel Coelho

Dona de casa emagrece 42kg por medo de os filhos sofrerem bullying

De 113kg para 71kg, ela visitou a praia no Rio (Foto: Arquivo Pessoal)
O excesso de peso foi algo constante na vida da dona de casa Luciana Sacramento, de 33 anos. Moradora de São Paulo, ela conviveu com muitos quilos a mais desde a adolescência. No entanto, a maternidade e o receio de os filhos sofrerem discriminação por terem uma mãe muito acima do peso fizeram ela abrir mão do excesso de besteiras que comia e adotar um estilo de vida saudável. Em pouco mais de um ano, Luciana emagreceu e viu o ponteiro da balança cair para 71,8kg - 42kg a menos do que tinha quando começou a mudança de hábitos.

- Quando meu filho mais novo, Henrique, estava com 8 meses, eu pesava 113,8kg. Durante a amamentação, eu achava que não iria engordar, porque dizem que amamentar emagrece, mas sentia muita fome e sede, comia muita besteira e ainda usava o fato de estar amamentando como desculpa para poder fazer isso. Por causa de intolerância à lactose e um problema na vesícula, sempre comi alimentos saudáveis, mas me jogava no macarrão e no arroz. Eu passava mal por causa da lactose, mas, mesmo assim, comia chocolate escondido - lembra ela, que completa: - Tinha uma relação de amizade com a comida. Ela era minha companheira.

Como consequência dos muitos quilos que pesava, Luciana, que também é mãe de Isabella, de 4 anos, privava a família de passeios na praia e na piscina:

- Dava desculpa que era por causa do sol, mas, na verdade, nem maiô eu tinha. No dia 6 de agosto de 2013, comecei a mudar. Vi que estava deixando de oferecer coisas aos meus filhos, tinha medo de que os colegas zoassem os dois porque eu era gorda. Decidi dar qualidade de vida ao meu casamento.

Para chegar aos seus atuais 71kg, Luciana investiu em reeducação alimentar, tentando descobrir formas de ingerir alimentos de que não gostava muito:

- Primeiro, fui provar alimentos saudáveis como aspargo, cogumelos etc. Se eu não gostasse de jeito algum, mudava o tempero até achar uma forma saborosa e, assim, agregar essas coisas a minha alimentação diária. Batata-doce, por exemplo, não como, não forço a barra. Não teve jeito. Todos os dias depois do almoço, tomo café sem açúcar, porque eu gosto, com um quadradinho de chocolate com 75% de cacau. E também escolho uma refeição do dia para comer algo de que realmente gosto. Tudo bem programado, sem culpa e sem exageros. Além disso, fazia tudo que podia a pé e não usava elevador, mesmo morando no quarto andar. Em pouco mais de um mês, perdi dez quilos e entrei na academia. Me apaixonei pela zumba e faço quase todos os dias da semana, além de praticar musculação e corrida.

Luciana confessa que não esperava chegar aonde chegou e ainda quer mais: sua meta é atingir os 60kg e combater a flacidez com musculação.

- Eu nunca achei que fosse perder tanto peso, mas as coisas foram evoluindo e a minha família me motivando. Consegui emagrecer mais de 40kg sem passar fome. Descobri a minha cintura e consigo encontrar roupa em qualquer lugar. Hoje, até tenho uma crise para descobrir o meu estilo. Antes, não podia ter estilo. Tinha que vestir o que cabia em mim - brinca a dona de casa.

Luciana Sacramento é a personagem da semana do Projeto Toda Extra, no Instagram (@TodaExtra). Ela foi escolhida porque usou a hashtag #projetotodaextra em seus posts de antes e depois. As leitoras que têm histórias de emagrecimento, sem cirurgias e remédios, também podem ter suas trajetórias contadas no Extra Online. Para isso, devem fazer como Luciana e usar a hashtag #projetotodaextra. No Instagram da Toda Extra também tem dicas de moda, beleza, boa forma e comportamento.


À esqueda, Luciana havia emagrecido seus primeiros dez quilos (Foto: Reprodução / Instagram )


Extra/ Globo

Empresária desembarca no Rio com R$ 25 mil em suplementos e é presa

Todo o material estava em cinco malas despachadas no voo 8057 Miami/EUA - Rio (Foto: Divulgação / Polícia Federal )
Uma empresária de 26 anos foi presa na madrugada deste sábado com R$ 25 mil em suplementos alimentares não declarados. O flagrante foi feito por agentes da Receita e da Polícia Federal durante o desembarque da moça no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio. 

A carga estava em cinco malas despachadas no voo 8057 Miami/EUA - RIO. Ela pagou fiança e responderá o processo em liberdade. O material não declarado foi detectado pela Receita Federal durante a inspeção das bagagens no raio x. Em todas as malas da foram encontrados suplementos alimentares, em sua maioria utilizados como complementos para prática de atividades físicas.

A Polícia Federal informou que toda a mercadoria apreendida não havia sido declarada pela passageira e que, por essa razão, ela cometeu o crime de descaminho, previsto no artigo 334 do Código Penal. Ainda segundo nota divulgada pela PF, em razão da movimentação da empresária entre os dois países, uma investigação sobre uma possível atuação da mulher no comércio informal de suplementos será aberta. A PF não identificou a empresária, mas informou que ela possui dupla cidadania (brasileira e norte americana).

Extra/ Globo

Ibope mostra Dilma reeleita; Datafolha aponta empate técnico

Pesquisa do Ibope divulgada neste sábado (25), véspera do segundo turno das eleições, mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT), que concorre à reeleição, continua à frente do senador Aécio Neves (PSDB). Já o Datafolha aponta empate técnico entre a (Foto: Reprodução)
Pesquisa do Ibope divulgada neste sábado (25), véspera do segundo turno das eleições, mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT), que concorre à reeleição,continua à frente do senador Aécio Neves (PSDB). Já o Datafolha aponta empate técnico entre ambos, com a petista numericamente à frente no limite da margem de erro.

Considerando os votos válidos, Dilma está com 53% das intenções de voto contra 47% de Aécio, de acordo com o Ibope. Já segundo o Datafolha, a petista está com 52%, e o tucano, 48%. A margem de erro é de dois pontos percentuais nas duas pesquisas.

Na pesquisa Ibope divulgada na quinta-feira (23), a petista aparecia com 54% dos votos válidos contra 43% de Aécio. O Datafolha mostrava Dilma com 53% e o tucano com 47%.

Votos totais

Levando em conta os votos totais, que incluem eleitores dispostos a votar em branco, anular e os indecisos Dilma obteve 49%, e Aécio, 43%, no Ibope divulgado hoje; 3% declararam-se indecisos e outros 5% pretendem votar em branco ou anular.

No Datafolha, a petista alcançou 47% das intenções contra 43% do tucano. Há 5% de eleitores indecisos e 5% que pretendem anular ou votar em branco. O Ibope entrevistou 3.010 eleitores em 206 municípios entre ontem (24) e hoje (25). A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". O número do registro é BR-01195/2014.

O Datafolha ouviu 19.956, entre ontem (24) e hoje (25), em 400 municípios. Contratada pela "Folha de S. Paulo" e pela TV Globo, a pesquisa foi registrada sob o número BR-01210/2014.

Parte das entrevistas das duas pesquisas foram feitas após o debate da TV Globo, ocorrido ontem (24) à noite. Os levantamentos captam o impacto das reportagens com a suposta denúncia do doleiro Alberto Youssef de que Dilma e Luiz Inácio Lula da Silva tinham conhecimento dos desvios na Petrobras.

Último dia de campanha

No último dia de campanha, Dilma participou de uma carreata em Porto Alegre, ao lado do governador e candidato à reeleição, Tarso Genro (PT). Em entrevista coletiva, a candidata chamou de golpistas as manifestações a favor de um eventual impeachment caso se comprovem que ela tinha conhecimento do esquema de desvios na Petrobras.

A denúncia teria sido feita pelo doleiro Alberto Youssef a investigadores durante delação premiada. Uma petição online anuncia ter coletado mais de 650 mil assinaturas pedindo o impeachment dela.

"Eu quero aqui manifestar meu repúdio a esse tipo de processo que é um processo golpístico [sic], que não se coaduna com uma situação democrática. Eu quero dizer aqui que eu tenho uma vida inteira que demonstra o meu repúdio à corrupção. Eu não compactuo com a corrupção e quero que provem que eu compactuei com a corrupção", afirmou.

Já Aécio está em São João Del Rey (MG), cidade natal dele e do avô Tancredo Neves. Em entrevista coletiva, Aécio disse que o ataque feito à sede da editora Abril, que edita a revista "Veja", na zona oeste de São Paulo, atenta contra a democracia.

A ação ocorreu depois que a revista divulgou reportagem em que o doleiro Alberto Youssef, preso durante a operação Lava Jato, teria afirmado em depoimento prestado à à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal que tanto Dilma quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sabiam do esquema de desvio de recursos públicos da Petrobras para abastecer caixas de campanha de partidos da base aliada.

"Os acontecimentos de ontem e hoje são um atentado contra a democracia e contra a liberdade de expressão, o que, aliás, é uma marca dos nossos adversários", disse.

Críticas aos institutos

No primeiro turno, os institutos de pesquisa foram criticados por conta das diferenças entre as pesquisas divulgadas no sábado (4) e o resultado das urnas no dia seguinte (5). Aécio, por exemplo, tinha 26% no Datafolha, com dois pontos de margem de erro. O Ibope o mostrava com 27%. O tucano teve 34% no primeiro turno.

Segundo os institutos de pesquisas, diferenças como essas não representam erros de previsão, já que os levantamentos divulgados na véspera não têm função de antecipar resultados. Além disso, mudanças de tendências podem se acelerar relevantes em função de eventos imprevistos que podem acontecer na véspera.

Fonte: UOL

Presidente do TSE pede que eleitores não aceitem provocações

O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, presidiu a última sessão antes do segundo turno (Foto: Ailton de Freitas / Agência O Globo )
Antes de encerrar neste sábado a última sessão do Tribunal Superior Eleitoral antes do segundo turno, o presidente da corte, Dias Toffoli, recomendou à população que não aceite provocações e exerça “de maneira tranquila” o direito ao voto. O presidente disse ainda desejar que as disputas eleitorais se atenham às cortes da Justiça eleitoral, tanto na esfera estadual, quanto nas eleições presidenciais, numa referência indireta ao acirramento das disputas em alguns lugares do país.

— Desejo que as disputas fiquem realmente e somente dentro das cortes eleitorais. E que a população, os eleitores, se encaminhem no dia de amanhã (à votação) com tranquilidade, não aceitando provocação para exercer o voto de maneira tranquila — disse o presidente do TSE.

A sessão deste sábado foi marcada por Toffoli de maneira preventiva, para que não houvesse prejuízo na apreciação de eventuais recursos das campanhas presidenciais às vésperas da eleição. O início da propaganda eleitoral presidencial no segundo turno foi marcado por muita agressividade entre as duas campanhas, levando o TSE a agir no sentido de coibir o baixo nível da campanha, cassando tempo dos dois candidatos.

A atitude do TSE surtiu efeito, as campanhas focaram seus programas eleitorais dos últimos dias mais em questões programáticas, sem usar o final da campanha para agressões no horário eleitoral. Na sessão deste sábado não foram analisadas representações da campanha presidencial.

Antes de finalizar a sessão, Toffoli indagou aos advogados eleitorais se gostariam de se manifestar ou incluir alguma representação e os advogados apenas agradeceram a atuação do TSE. Toffoli disse ainda que o tribunal está aberto, à disposição dos advogados eleitorais até no dia da eleição.

Algumas decisões individuais foram tomadas entre ontem e hoje, como a concessão de liminar à campanha da presidente Dilma Rousseff contra a revista Veja, determinando que a revista se abstenha de veicular publicidade sobre a edição desta semana da publicação no rádio, na televisão, em outdoor e na internet por meio de propaganda paga.

A campanha de Dilma aguarda ainda decisão sobre representação que pede direito de resposta à revista Veja pela reportagem publicada na edição online desde a última quinta-feira e que traz trechos de depoimento atribuído ao doleiro Alberto Youssef, com a afirmação de que Dilma e Lula sabiam de desvios ocorridos na estatal.

Fonte: O Globo

Bruna Marquezine vence eleição da Mulher Mais Sexy do Mundo

Bruna Marquezine posou em Fernando de Noronha para a edição especial da revista (Foto: Xande Nolasco )
Agora é oficial! Em tempos de eleição, Bruna Marquezine venceu a mais atraente delas. A atriz foi escolhida, com 314.000 votos, a vencedora na tradicional eleição da Mulher Mais Sexy do Mundo, promovida todo ano pela revista “Vip”. 

As fotos para a publicação foram feitas Fernando de Noronha, no mês de setembro. O ensaio foi registrado, com exclusividade, pela Retratos da Vida. Nos cliques, Bruna aparece numa das praias do arquipélago, de biquíni e vestido de renda.

Numa foto do ensaio, divulgada nesta semana, a atriz posa num veleiro, com um pequeno biquíni branco de lacinho, uma blusa amarrada com um nó e aberta na altura dos seios, deixando a barriguinha de Marquezine de fora.

A atriz, que volta à TV em "Lady Marizete", novela das sete que estreia no primeiro semestre de 2015, acabou com o reinado de Paolla Oliveira, escolhida no ano passado como a Mulher Mais Sexy do Mundo na mesma disputa. A revista chega na próxima semana às bancas.

Fonte: Extra